quinta-feira, 2 de agosto de 2018

SAUDADES...




Foto minha de um quadro cá de casa


-Olha que vais cair... - ralhou a minha mãe aflita, ao que ele retorquiu com um sorriso de menino traquinas :
- há duas coisas que uma pessoa nunca esquece... nadar e andar de bicicleta!


(parabéns papá... por onde quer que andes, pedalando entre as estrelas)


a ouvir... 

18 comentários:

  1. O meu também fará anos em Agosto, esteja ele onde estiver, estará por certo a afinar o motor dum qualquer carro antigo, dele ou de um amigo, e fá-lo-à de ouvido. Não o largavam, vá lá... dê-lhe só um ouvidinho e diga-me se é fera :)

    Os nossos heróis nunca morrem, pois não?

    Beijo em TU

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. NN,

      Também é de Agosto?
      Um bom mês para se nascer! Na minha família mais directa, temos 7 datas importantes em Agosto apara assinalar :)


      Os nossos heróis estão sempre vivos no nosso coração!
      Beijinhos com os olhos mais cintilantes
      (^^)

      Eliminar
  2. Pequenos (grandes) momentos que nunca esquecem na vida... e dão cá umas saudades!!!

    Beijinho, Frô!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Graça,

      Com o passar do tempo, as saudades lá se vão gerindo! Mas nunca passam completamente nem nunca esquece. A prova está neste "memorial" que aqui deixei.


      Beijinhos minha querida, obrigada!
      (^^)

      Eliminar
  3. Realmente, nadar e andar de bicicleta NUNCA se esquece.

    É tão difícil desatar o nó do luto.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Teresa,

      Nunca se esquece não, nem nunca esquece as pessoas que amamos.
      Claro que há dias em que as memórias são mais vivas... e nem dez anos passados lhes desbota a cor.


      Beijinhos atados com amizade
      (^^)

      Eliminar
  4. As saudades continuarao a ser sentidas enquanto vivermos...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Catarina,

      O que é bom sinal, sinal de que amamos e fomos amadas, sinal de que há laços que nunca se quebram... no matter what.


      Beijinhos vivos
      (^^)

      Eliminar
  5. O meu já teria feito este ano, 100 anos. Infelizmente morreu há 18 anos. É o qu custa mais na vida. Irmos perdendo os nossos entes queridos.
    Não sei se hei-de dar-te parabéns pelo post, visto ser um post de recordação alegre, mas triste simultaneamente. 
    A música do Pat Metheny enquadra-se perfeitamente. 
    Que a alma do teu Pai tenha encontrado Paz, por onde quer que ela ande!!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo,

      Obrigada, é uma recordação alegre sim, festejar a vida e o nascimento de alguém é sempre um motivo de alegria, mesmo que não a possamos abraçar.
      E em relação ao teu pai... 100 anos é uma marca bem redondinha! :)


      Obrigada também ao PM que compôs esta peça extraordinária.
      Beijinhos musicais
      (^^)

      Eliminar
  6. Minha querida Clarinhamiga
    Por mais incrível que pareça - não sei andar de bicicleta... E mesmo que soubesse a máquina devia recusar-se a transportar-me dado o peso do animal... :-)))

    Muitos bjs e qjs do casal Ferreira

    AVISO
    Acaba de ser publicado o episódio n.º 10 da saga É DIFÍCIL VIVER COM UM IRMÃO MONGOLÓIDE desta feita com o título Chega o primeiro “emprego”

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Henrique,

      Andar de bicicleta é um excelente exercício físico!
      Mas é melhor não te meteres em trabalhos :))


      Beijinhos sobre rodas
      (^^)

      Eliminar
  7. Indesmentível!!!
    Beijinhos a pedalar :)))

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro,

      E insofismável !!


      Bom fim de semana
      Beijinhos redondinhos
      (^^)

      Eliminar
  8. Lindo, o post, lindas e ternurentas, essas saudades contagiantes !

    Com atraso de um dia (só agora vi), parabéns a ti (também) por o recordares com tanta ternura e de um modo tão curioso ! :)

    Eu diria que ainda há outra coisa que nunca se esquece: É o Amor que eles nos dedicaram (pai e mãe) ao longo da vida ! Creio que só quando temos filhos estamos em condições de o avaliar !
    Quantas saudades também eu tenho dos meus e este teu post emocionou-me muito ao fazer-me recordar tantos momentos bons (sabes bem como eu sou sensível a estas coisas) e como me imagino na tua pele !!! ... Adorei !!!

    A música, como sempre, perfeita !!!

    Um beijinho muito sentido, minha Querida Amiga !

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui,

      Como tu costumas dizer... tens um coração de manteiga! :)
      Obrigada pelo carinho e fico feliz por saber que esta publicação te despertou emoções. Se calhar eu nunca o disse publicamente mas... uma coisa que me preenche o coração é saber que consigo "tocar" as pessoas.


      Beijinhos (também) emocionados
      (^^)

      Eliminar
  9. Uma bonita homenagem, Afrodite.
    beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luísa,

      Senti-me muito bem e feliz em fazê-la.
      Nem é nada meu costume este tipo de incursões pela minha vida privada... mas algo aqui dentro falou mais alto.


      Beijinhos (e coração) ao alto
      (^^)

      Eliminar