quarta-feira, 1 de agosto de 2018

PRIMEIRO DE AGOSTO...



Praia de Esposende



Diziam os antigos, quando se chegava ao dia que hoje o calendário marca, que o PRIMEIRO DE AGOSTO era o PRIMEIRO DE INVERNO.

Hoje podemos, muito pelo contrário dizer... PRIMEIRO DE AGOSTO, PRIMEIRO DE VERÃO!


(espero muito sinceramente que as pessoas que passaram os dias a queixar-se do frio não me venham agora torrar a pinha a queixarem-se do calor!)


...UM FELIZ AGOSTO PARA TODOS...
🌞

28 comentários:

  1. Olha que isso é bem verdade !!! :)

    Tenho a minha casa bem fresquinha (estava prevenido), mas infelizmente ainda vou ter que sair hoje para umas pequenas voltas de algumas compras (mas de carro). :(

    Beijo fresquinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui,

      Também faço a gestão das janelas... senão depois à noite ninguém consegue dormir com o calor! :))


      Beijinhos de água fresca
      (^^)

      Eliminar
  2. Que praia é essa com tantas barracas? É uma praia ventosa?
    Não esquecer: passar apenas 15/20 minutos ao sol sem protecção solar para a produção de vitamina D, mas não nas horas dos ultravioletas. Mas mais importante que isso lembrar que "pele bronzeada é pele danificada" - Associação Canadiana de Cancro.

    Não vou à praia há muito tempo e passava meses na praia... Toronto tem praias, algumas onde pode nadar, mas não são as minhas praias algarvias...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Catarina,

      A foto tem legenda :)
      Tirei-a no mesmo local da foto do post anterior, em Esposende... e sim, infelizmente é uma praia muito ventosa, como aliás são quase todas as praias nortenhas, principalmente quando começam as nortadas de Agosto.
      Eu sou branquinha de pele, tenho por isso muito respeito ao sol. As duas maiores vantagens de se estar numa zona balnear com barracas são precisamente essas: oferecem protecção para o vento e fornecem sombra sempre que for preciso.


      Beijinhos Minhotos
      (^^)

      Eliminar
    2. Vim ver se a legenda está no sítio certo. :) Está. Letra escura em fundo vermelho passou-me despercebida e tive que ampliar para conseguir ler aqui no tablet.

      Detesto quando faz vento na praia. Muito desagradável. Não gostei quando fiz praia na Ericeira e quando passei uma semana na Nazaré. Nesta então nem fui ao mar. Agitadíssimo todos os dias. Até pareceu de propósito. :))

      Eliminar

    3. Pois... mas as praias do Oeste (dizem) ainda são piores do que as do Norte, no que toca a vento!
      Também não gosto de vento... aliás, farto-me de dizer que nem que fosse muito rica nunca compraria uma casa na praia! hehehehe

      Eliminar
  3. Calor, calor, Caloooorrrrr

    e ouve esta, mesmo a jeito

    https://youtu.be/zTvKB1KPQRk

    Beijo em TU


    ResponderEliminar
    Respostas

    1. NN,

      Na mouche! Cuando calienta el sol... o bom é estarmos na praia! :))


      Beijinhos às risquinhas
      (^^)

      Eliminar
  4. Ola amiguinha, não esquecer que as nortadas trazem muito peixe para os pescadores!
    não se pode sempre agradar a todos :)
    e a frescura do mar ao longo da costa, mantém a humidade sobretudo nas noites para que o país não se transforme num deserto :)
    então podemos dizer que Deus fez planos :)
    beijoca amiga,
    a tua foto está um show com esse azul que se combina em tons de verão :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Angela,

      Desconhecia essa característica do vento do Norte trazer peixe...
      Vamos acreditar que a natureza funciona e que não temos maus ventos como os do ano passado.


      Obrigada minha querida!
      Beijinhos para Ti em tons de azul
      (^^)

      Eliminar
  5. Hoje foi realmente o 1º dia de verão com muito calor. Apetece ir para a praia, passear por aí... quem puder.

    Se tu puderes e fores, boas férias, bom descanso, respira fundo e enche esses pulmões e esse cérebro de ar puro - que devem estar cheios de números, de expressões numéricas, de teoremas e sei lá do que mais... eh eh eh eh...

    Beijinhos de verão.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Graça,

      Fizeste-me arrancar uma gargalhada sonora... que até deixou a minha cara metade (que está aqui à minha beira) de sobrolho torto! Estive até a ler-lhe o teu comentário!... :D

      Acredita minha querida que preciso de fazer isso sim, oxigenar bem todas as células para ver se acumulo energias para o próximo ano lectivo! :)


      Um beijo a carregar as baterias
      (^^)

      Eliminar
  6. Parece um soutien feito de panos fe barraca e a senhora também usa um piercing!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo,

      Imaginação fértil... 😎


      Beijinhos sem piercings
      (^^)

      Eliminar
  7. Por não ficas com a "pinha torrada" adoro calor. À muito que não vou para essas bandas, a ultima vez estive hospedada no Hotel Parque do Rio em Ofir fui à praia onde existe uns arranha céus.
    Adoro praia, vou sempre que posso, sou capaz de estar lá de manhã à noite, dias seguidos sem cansar, mas a praia que frequento não tem barracas nem nada que faça sombra a não ser aquilo que levamos.

    Beijinho com muito carinho

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Adélia,

      Sim, na Praia de Ofir existem 3 arranha céus que foram construídos (escandalosamente) em cima da praia. Com a crescente invasão do mar, eles têm os dias contados.


      Beijinhos à sombra
      (^^)

      Eliminar
  8. Queria dizer "por mim não ficas"

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Sim, eu entendi que faltava o "mim"! :))

      Eliminar
  9. Um Agosto que se anuncia MUITO quente, não é??
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro,

      É tempo dele... mas que venha sem perigos.
      Para quem tem de trabalhar ao ar livre é que é muito complicado!


      Beijinhos de leque a abanicar
      (^^)

      Eliminar
  10. Ora aqui está uma belíssima fotografia a anunciar o verão.
    Aqui a oeste, felizmente já se sentiu o calor, embora eu diga que esta parte do nosso Portugal é um mundo à parte, porque muitas vezes enquanto no resto do país está tudo a arfar, por vezes instala-se um nevoeiro de fugir, culpa da Serra do Montejunto. :(
    Ontem já estive na praia, mas não armei barraca, tenho a sorte de ter praias pouco frequentadas e levo a tralha toda atrás.
    Sou daquelas que não tenho paciência de estar um dia inteiro a torrar, prefiro fazer uma boa caminhada ao longo do areal.

    Para ti desejo que este período seja retemperador e te traga momentos de descanso, calculo que precises.

    Beijinhos refrescantes

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Manu,

      E preciso sim, obrigada Amiga!
      Vamos gerindo o tempo (meteorológico) como ele se nos oferece... e tu aproveita enquanto as neblinas não voltam!


      Beijinhos a precisar de vitamina D
      (^^)

      Eliminar
  11. :))))))) ainda ontem ouvi alguém dizer «não se pode com este calor» :))))))
    Mas não quero torrar a tua pinha :o) pelo contrário.... relaxa e aproveita ao máximo.
    Por mim acho que vou ficar mesmo por casa que está fresquinha e acolhedora.... lá fora já estão 30 graus e como a minha pinha com tão pouca vegetação, perdão, tão pouco cabelo, não gosta de fortes raios solares nem de bonés a proteger aguardo pelo fresquinho da noite para ir comer um gelado em excelente companhia.
    E agora vou-me embora antes que me atires com o protector solar.
    Fica bem, tudo de bom!
    Adoro a foto...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. AFlores,

      Obrigada pela tua preocupação. :))
      Estou a tentar relaxar sim, mas também aqui por casa e de janelinhas bem fechadas de dia para o calor não entrar. Hoje não deu, mas amanhã por esta hora também conto alinhar nesse programinha do gelado... só que a minha companhia não é a mesma que a tua! hehehe


      Beijinhos e não te preocupes com arremessos que o protector solar faz-me falta para o fim de semana
      (^^)

      Eliminar
  12. http://www.geopalavras.pt/2010/06/o-upwelling-e-as-sardinhas-de-s-joao.html

    ora vê o que diz este site sobre o fenómeno da nortada:

    Uma vez estabelecido, o upwelling tende a perpetuar-se, porque a faixa oceânica fresca que acompanha então o litoral torna mais forte a brisa do mar (Nortada), que chega a soprar quase permanentemente nas camadas inferiores da atmosfera. Sob a acção da força de Coriolis, a brisa acaba por correr quase paralelamente ao litoral, ajudando assim à manutenção do upwelling.
    Ora, este fenómeno de afloramento costeiro tem como consequência, para além do arrefecimento das águas (bastante conhecida do veraneantes nortenhos), o seu enriquecimento em sais nutrientes (nitratos, fosfatos e silicatos). Isto acontece porque as águas profundas, que estão a ser levadas para a superfície, têm maior concentração desses sais do que as próprias águas da superfície. Então teremos grande quantidade de nutrientes a ser levada para uma camada onde a radiação solar consegue penetrar, ou seja, teremos as condições ideais de alimento e luz para o desenvolvimento do fitoplâncton.

    E este aumento da produtividade primária (primeiro elo da cadeia trófica) vai levar ao desenvolvimento de toda a restante cadeia alimentar, desde o zooplâncton até aos peixes e outras espécies marinhas que se alimentam do plâncton ou de outros peixes, como a sardinha, num elo mais acima.

    bom agosto, amiga e boas sardinhadas :)
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Angela,

      Já entendi a lógica da coisa!
      Dai-lhes mesa farta... que as sardinhas aparecem para o festim!! :D


      Obrigada minha querida és incansável!!
      Beijinhos com bons ventos
      (^^)

      Eliminar
  13. Pois chegou finalmente o calor e foi logo à bruta. Sorry, eu sou queixinhas, mesmo. :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luísa,

      Foi à bruta, isso é um facto!
      Olha, hoje esteve um dia de praia (precisamente nesta praia) como eu não tenho memória! Eu até disse (e ouvi mais pessoas lá pela praia a dizer o mesmo) que parecia que estávamos no Algarve, tal era o calor que tivemos cá hoje!


      Beijinhos a SUAR EM BICA
      (^^)

      Eliminar