quinta-feira, 31 de maio de 2018

AMO...


Foto de Lajos Filep


Amo...
Amo amar...
Amo a vida...
Amo provar-te...
Amo o teu sexo...
Amo olhar para ti...
Amo ouvir a tua voz...
Amo sentir o teu cheiro...
Amo os beijos que damos...
Amo as carícias que trocamos...
Amo ter a tua pele na minha pele...
Amo quando sacias a minha vontade...
Amo entrelaçar os meus dedos nos teus...
Amo quando me levas a pedir mais e mais...
Amo quando completas o meu corpo com o teu...
Amo sentir quando em vez de DOIS somos apenas UM.


38 comentários:

  1. Muito bonito mesmo. A canção é bastante forte e enquadra-se muito bem nas tuas palavras. Gostei muito!!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo,

      Obrigada.
      A música é do Eurofestival de há 3 anos atrás, foi nesse ano a favorita do meu marido. Não sei se te recordas, na final da edição de 2015 a artista ANIMATA apresentou-se com um exuberante vestido vermelho que fazia lembrar uma sereia. Ficou em sexto lugar! :))


      Beijinhos vestidos de vermelho
      (^^)

      Eliminar
  2. Ai que calô ôôô ôôô ôôr

    Boa noite Afrodite, a noite vai boa :-))

    Beijocas


    ResponderEliminar
    Respostas

    1. NN,

      hehehehe
      Mas olha que eles estão ali tão abraçadinhos que mais parece terem frio! :))

      Este texto escrevi-o precisamente há 5 anos, em Maio de 2013... mas na altura teve tão poucos comentários que resolvi trazê-lo de novo à luz da ribalta, para ver se o alegrava um bocadinho, tadito, estava lá para o fundo tão triste, encafuado no baú do tempo... hehehe


      Uma bôa nôte pra Ti...
      (^^)

      Eliminar
  3. É só amor!
    Love makes the world go 'round...
    : )

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Catarina,

      Eu prefiro acreditar que sim... embora a canção popularizada por Liza Minnelli diga que é o dinheiro aquilo que faz girar o mundo! :)

      Se não fosse o Amor, a humanidade já cá não andaria :))


      Beijinhos viajantes pelo mundo e que vão ao teu encontro
      (^^)

      Eliminar
    2. https://www.youtube.com/watch?v=16cAPO2tAGwYou know love makes the world go round

      Deon Jackson


      And love, baby makes the seesaws go up and down
      And it makes trees grow tall
      And the most important thing of all
      It makes a boy and girl, oh
      Say they feel so fine, now

      Without love flowers wouldn't grow in the spring
      And without spring, yeah the birdies just couldn't sing
      Everybody needs love
      To watch the twinkling stars above
      It makes a boy and girl
      Say they feel so fine, now

      Oh... love makes you cry, now
      That goes for Billy, Sherry, Bobby and Marsha and baby you and I
      Oh, I can prove to you
      That these facts of love are so true
      It makes a boy and girl, yeah
      Say they feel so fine, now

      Love, love, sweet love love is so good, child
      Ooh, its so fine ooh...

      Eliminar

    3. Excelente! :))
      Muito bem documentado, gostei! :))

      Assim fica aqui mais uma prova da importância do AMOR.


      Obrigada Amiga
      Mais beijinhos
      (^^)

      Eliminar
  4. Simplesmente belo o teu Amar.

    Beijinho enorme

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Adélia,

      Como verbalizar sentimentos não é fácil, fica sempre muito por dizer.
      E afinal isto é uma mera brincadeira com palavras.


      Obrigada Amiga, ver-te por aqui é sinal de que estás melhor... o que me deixa extremamente feliz!
      Um abraço apertadinho
      (^^)

      Eliminar
  5. Afrodite, encontrei uma forma de amar muito à frente, vai lá ver, no "Ó PRA EU AQUI AFRODITE" :-)

    http://noname-metamorphosis.blogspot.com/2018/06/o-pra-eu-aqui-afrodite.html

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. NN,

      Já fui... e posso dizer-te que AMEI!!!
      hehehehehehe
      E aconselho a quem nos ler aqui para ir lá dar um saltinho que vale a pena!
      Muito bom! Acredita que é mesmo à minha medida! E tenho verdadeiramente pena não ter o engenho e arte de escrever algo tão genial.
      (mesmo que com algumas incorrecções matemáticas pelo meio)


      Obrigada amiga! You made my day!
      (^^)

      Eliminar
  6. E eu amei o teu escrito.
    Bjs, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro,

      Este devia ter ido para a rubrica "Brincando com as palavras"...


      Obrigada... bfds para vocês também
      (^^)

      Eliminar
  7. Bem! Vou, amavelmente, limitar-me ou elevar-me a um grandessíssimo: FANTÁSTICO!
    Excelente sexta-feira, plena de Amor
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Victor,

      Pode dizer-se muito com poucas palavras... e gastar-se muitas palavras e nada se dizer.
      Eu simplesmente digo... obrigada!


      Beijinhos e bom fim de semana
      (^^)

      Eliminar
  8. Olha, e eu amo passar por aqui e encontrar textos assim...

    Bj Grande ó Deusa do Olimpo :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Cláudio,

      Fui ao baú do tempo buscar este texto para ver se me inspiro a voltar a escrever. Talvez resulte... :))


      BFS
      Beijinhos do teu tamanho
      (^^)

      Eliminar
    2. Fazes bem :)

      Já eu, deixei-me disso, portanto já nem busco inspirações... LOL

      Bj Grande :)

      Eliminar

    3. Foi uma pena teres-te deixado disso...
      Olha que eu ainda guardo alguns textos do Ulisses!! :)))


      Beijos em dobro
      (^^)

      Eliminar
    4. LOL

      Também não guardas nada que valha grandemente a pena! hehehe

      Sabes, por cá só rende dedicares-te à escrita se:

      -Fores famoso seja lá porque motivo for (podes não saber escrever duas linhas, mas as editoras chateiam-te até tu editares um livro, só porque sim)

      -Se quiseres dizer a toda a gente que és escritor

      Ora, eu nunca quis dizer a ninguém que o era (até porque nunca me considerei como tal) e fui sendo confrontado com demasiada gente tão cheia do seu próprio ego que dificilmente eu me sentia bem ao pé deles. E escrever nunca foi um sonho ou uma paixão, é apenas algo que eu fazia para pôr as minhas ideias em ordem, ao contrario da música que me está no ADN!
      Ainda o faço (continuo a ter ideias trocadas com frequência e continuo a precisar de letras para as músicas - se bem que desde as músicas do álbum "filhos do Desespero" apenas tenho escrito em Inglês), mas após alguns incidentes pela "bloga" afora, achei que é melhor guardar para mim aquilo que faço, até porque como o faço só de mim para mim, não faz qualquer sentido partilhar! E ainda que fizesse sentido, creio que não o faria na mesma! Já há pseudo-escritor que baste pelo mundo fora, não é preciso mais um :)

      Pega lá mais um xoxo repenicado na bochecha :)

      Eliminar
  9. E, realmente, como em tempos escreveste, "Haverá frases mais doces de ouvir" ? ... De ouvir e especialmente (digo eu) de sentir !!!
    Olha que li e reli várias vezes, "saboreando" (imaginando) cada frase !
    AMEI, mesmo ! Já não me lembrava e aconselho-te a continuar a escrever destas coisas !
    A cada passo, gosto de reler essa tua "etiqueta - Coisas Minhas" - Deliciosas !!!
    És mesmo Deusa !
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui,

      Essa etiqueta leva a textos que fui escrevinhando mas que, dado o tempo que entretanto já passou, de vez em quando sabe-me bem ir recordar coisas antigas. Tenho é de arranjar disponibilidade para ir repondo aos poucos as imagens que perdi num fatídico dia 6 de Abril em que inexplicavelmente apaguei sem querer a pasta onde estavam todas as fotos do Blogue. Algumas cheguei a recuperar... mas são centenas os posts que ainda têm a marca desse apagão.
      Essa rubrica merece um carinho especial... e nas próximas férias conto dar um jeito a isso.


      Obrigada pela força!
      Beijinhos e BFS
      (^^)

      Eliminar
  10. Um texto de impacto. Intenso e belo como o próprio amor.
    E uma imagem muito sugestiva.
    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Elvira,

      Gosto imenso desta fotografia mais até pelo que tem de velado ... os cabelos que se confundem, os contornos que não são precisos... o que se pode imaginar para além daquilo que se vê...


      Um beijinho e um forte abraço
      (^^)

      Eliminar
  11. Uau!! Amas o amor - está tudo dito!!

    Beijinhos, Deusa Afrodite.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Graça,

      Tu entendes-me... :))


      Beijinhos sem palavras
      (^^)

      Eliminar
  12. Um "Amo" sempre crescente; Um "Amo" mais do que amar; Termina de "DOIS" faz "UM"; Num "TRIÂNGULO" rectangular (!)...
    :-P ;-)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. YM, no que tu foste reparar... :D

      De facto... o triângulo faz um ângulo recto
      São 90 graus entre a altura e o outro cateto.

      E o terceiro lado é a hipotenusa
      O lado maior que confirma a desigualdade triangular
      E que amorosamente me veio ajudar a conjugar o verbo Amar.

      Quanto ao Pitágoras, é melhor até que ele nem veja,
      Senão fica já cheio de inveja...
      E diz-me que a conta está errada
      Por trocar o DOIS p'lo UM.

      Ao que eu terei de negar, que não é nada,
      Pois aqui não há engano nenhum!
      Já que a matemática do Amor é diferente
      E que só dele pode falar quem o sente
      No carne, na alma... e até na pele da pessoa amada.


      Beijinhos geométricos
      (^^)

      P.S. No meio de tanta rima, deves ter ficado admirado eu ter deixado a hipotenusa "solteira". Por acaso estive para lhe arranjar uma palavra que era o seu par ideal... e não, não era Siracusa! :))

      Eliminar
    2. Coitada da hipotenusa;
      Um dia, mascarada de Medusa;
      Viu-se desapertada, sua blusa;
      A mama, toda confusa;
      Não ficou nela, reclusa...
      E assim, se fez musa.


      Com uma imagem assim, ou parecida, inspiraram-se poetas, outros artistas, escultores... e nasceram obras como a imagem de Afrodite ;-) :-P


      P.S. Gostei muito de Siracusa, Catânia e, também, provar o "Fuoco dell'Etna" :-D

      Eliminar
  13. Olá amiguinha,
    olha que eu tinha visto a fotografia do teu post, mas fiquei sem imaginação uma vez que me tinha forçado a escapar à poesia reveladora do Bocage, e aparecias tu aqui com tudo explicadinho! bom, pensei eu logo volto mais tarde, que tenho de me focar na vertente mais bucólica do Manuel du Bocage!!!
    depois logo se vê :)
    beijinhos, feliz domingo
    está nublado por aqui mas eu gosto deste tempinho tipo manhã minhota !
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Angela,

      O tempo por aqui está agreste Amiga!
      Queres trocar comigo por uns dias!? :D


      Beijinhos minhotos
      (^^)

      Eliminar
  14. Me ha encantado tu blog.
    Te paso mi blog por si deseas visitarlo
    Gracias.

    http://anna-historias.blogspot.com/?m=1

    ResponderEliminar