quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

BRINCANDO COM AS PALAVRAS...




Foto de Alex Matusciac



         Percorrendo o teu rosto com o olhar
         Olho fixamente a tua boca molhada.
         Ela chama por mim numa prece velada
         Seduzindo-me e embalando-me em vontades
         Imitando sorrisos de criança
         Almejando o céu numa só dança

         Sussurrando malícias e verdades.


         Leves, lentos, dedos atrevidos...
         Alcançam o meu seio em arrepio
         Rios de prazer inundam os meus sentidos.
         Escuto tua voz, doce delírio
         Imitando o som do vento em meus cabelos.
         Rezam os meus lábios suave prece
         Aguardando o beijo que apetece.





35 comentários:

  1. Muito bonito, Afrodite... Estou aqui embalada pela suavidade da música que assenta tão bem no poema.
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luísa,

      Sou fã incondicional de Yiruma. Ainda não conheci nenhuma música dele que eu não goste. Claro que depois há aquelas que gosto especialmente... mas são todas muito apetecíveis.
      Que bom que gostaste! :)


      Beijinhos suaves
      (^^)

      Eliminar
  2. Respostas

    1. Elvira,

      Já tinha saudades de escrever e brincar com as palavras. E sem dúvida que os acrósticos são a minha paixão! :)


      Obrigada querida amiga
      Retribuo-o um forte abraço
      (^^)

      Eliminar
  3. Intensidade!

    Beijos, amiga :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Maria Eu,

      Conheces-me bem...
      (já tinha saudades disto!)


      Um beijo com imensas saudades tuas
      😘

      Eliminar
  4. Um regresso em grande estilo!!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro,

      Está difícil manter publicações mais frequentes... pois o trabalho e os afazeres familiares levam-me o tempo todo!
      Mas soube-me bem voltar a escrever.


      Obrigada Pedro!
      Bom fim de semana
      Muitos beijinhos
      (^^)

      Eliminar
  5. Respostas

    1. Cláudio,

      Um elogio vindo de ti deixa-me toda vaidosa! :D
      (o que vale é que tenho os pés bem assentes no chão) hehehe


      Beijos meu amigo, espero que esteja tudo bem aí para as tuas bandas!
      (^^)

      Eliminar
    2. HAHAHAHAHAHA

      Homessa...
      ...pelas tuas palavras até quase parece que eu sou um supra-sumo de qualquer coisa... LOL

      Obrigado amiga. Cumprimentos meus ao teu respectivo (quando ele andar cá por baixo diz-lhe para me dar um toque para irmos beber um cafézito :) )

      E, claro, beijo enorme para ti :D

      Eliminar

    3. Já entreguei o teu recado :))

      Eliminar
  6. Respostas

    1. Laura,

      A rotina e o trabalho têm de ser amenizados de alguma forma... e escrever é um excelente escape...!
      Quem me dera conseguir fazê-lo mais vezes.


      Muitos beijinhos querida amiga
      (^^)

      Eliminar
  7. Ui Afrodite, isso é o que se chama: Regresso em grande.
    Adorei, que poema mais intenso, faz suspirar!

    Infinitos parabéns agradecidos por esta bela partilha de palavras e som!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Minha Rainha,

      Nem sequer sei se é regresso... se é só um «hello» para saberem de que ainda não morri! :D
      Mas acho que não correu mal, pois tudo o que é feito com alma sabe sempre melhor. A mim soube, pelo menos! :D
      Fico feliz por te ter tocado.


      Mil beijos e aquele nosso abracinho quente e cúmplice
      (^^)

      Eliminar
  8. Os Hippies seriam felizes se tivessem alguém no seu tempo que elevasse o Amor ao teu nível!!!
    Muito Bonita esta publicação, Afrodite.
    Parabéns!!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo,

      Como só nasci no final da década de sessenta, já não fui Hippie (lol)... mas os valores que na época defendiam não deixam de ser nobres. Fazia falta voltarmos a dar valor à máxima «make love not war!»...


      Obrigada querido amigo!
      Beijinhos de Paz
      (^^)

      Eliminar
  9. Belíssimo poema e melodia, uma excelente combinação.

    Beijinho minha querida

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Adélia,

      Obrigada amiga!
      Isto foi uma tentativa minha de tentar recordar velhos tempos, tempo em que tinha tempo para brincar com as palavras!


      Um forte abraço e um beijo ENORME!
      (^^)

      Eliminar
  10. Querida Clarinhamiga

    Em duas sétimas dás-me (nos) a essência do Amor poema sublime acompanhado de foto condizente. Contino a dizer-te que és uma fofinha..

    Bjs da Raquel (cansadíssima de toda a tralheira que vem fazendo e do teu amigo e fã

    Henrique, o Leãozão


    ____________

    Porque tu mereces quero explicar-te o motivo desta minha grande ausência: ao cabo de uma longa desgraçada malditas doenças que penso que as já conheces mas resumo, um cancro na próstata do meu irmão Braz que vem-se arrastando dolorosamente desde há um ano e meio; a doença pulmões-fígado da minha cunhada Lena que vive nos Açores e vem decorrendo há onze meses e outras, coube-me agora a mim. Fui internado no Hospital de Santa Maria com uma pneumonia agravada por vírus ou bactéria que andam por aí. Estive lá onze dias até me darem alta. Sublinho que fui tratado nas palminhas por médicas e médicos, enfermeiras e enfermeiros e auxiliares, com profissionalismo, simpatia e até carinho. Se alguém me disser al no SNS vou-lhe às trombas!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Henrique,

      És um lutador! Força querido amigo, vais superar mais esta!
      Muitos beijinhos para ti e para a tua (sempre) bela Raquel
      (^^)

      Eliminar
  11. Pois redundou numa muito bela e inspiradoramente séria brincadeira!
    Muitos parabéns, minha amiga
    Abraço

    Obs: se me é permitido acrescentar aqui que de entre as minhas presenças e ausências aqui da blogosfera, acabei por suspender a moderação de comentários do meu blogue, o que por vezes me leva a deixar escapar comentários a postagens mais atrasadas face ao momento presente. Daí que fui recentemente dar com um comentário da estimada AFRODITE a uma minha postagem de flores em tons monocromáticos. Sequência de que aludindo a AFRODITE no seu comentário à sua respectiva preferência pela "vida a cores", mesmo com significativo atraso não deixei de lhe corresponder, também com adição da originalmente colorida versão fotográfica das flores em dita postagem!
    Renovado abraço, neste último caso (já) mais colorido!... :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Victor,

      Obrigada! :)
      E eu vi a tua resposta, lá no "Receber e Dar". Infelizmente eu tb pouco tenho comentado mas, quando o consigo fazer, subscrevo sempre os comentários para depois poder ler as respostas na cx de correio do Gmail.


      Beijinhos (sempre) coloridos
      (^^)

      Eliminar
  12. Que bonito, Afrodite!
    Beijo e bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Isabel,

      Obrigada minha querida, tal como diz o título, é apenas uma tentiva de brincar com as palavras. Já tinha saudades!


      Beijinhos (também) com saudades de ti
      (^^)

      Eliminar
  13. :) Apareces tão de longe a longe, que quase me passavam estas tuas "Poesias (à) lareira" ! ... E imaginei-as assim mesmo ! ;) ...
    Com este tempo frio, as chamas de uma lareira, poderão ser, logicamente, uma motivação propiciadora de bons momentos a dois !!! ... E que momentos quentes !!! :)

    Adorei e fiquei feliz por verificar que, finalmente, conseguiste arranjar um tempinho principalmente para ti !... E todos nós ganhamos com isso ! :)
    Não perdeste qualidades !!!

    Beijos, ao som do Yiruma
    :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui,

      Não imaginas como me soube bem ler este teu comentário!
      Já me conheces bem e sabes como os meus Jardins me fazem faltam...


      Esperando melhores dias, deixo-te beijinhos musicais
      (^^)

      Eliminar
  14. ADOREI 😘

    Erotismo também é a minha praia.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Teresa,

      Eu sei... o que prova que tens bom gosto! ;)
      Já houve mais erotismo aqui nos meus Jardins... quem sabe com a chegada da Primavera ele volte a florescer por aqui! 🌹


      Beijinhos querida Amiga!
      (^^)

      Eliminar
  15. Ó mulher atão quando te alembras de plantar os tês jardins com sementes de primavera, começas logo pelos acrósticos ?! Olha só espero que daí saiam bons frutos!!! que a gente já se adeliciou a ler a composição poética no quentinho da lareira que aí para os teus lados, o calor nã é tã intenso como acontece nos Algarves ! e ficamos mesmo com vontade que aquelo beijo apareça, como aquele final romântico dos filmes de antigamente !
    Olha a sério amiga ! o teu poema está mesmo lindo :)))
    abraço, feliz domingo para ti
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Angela,

      Já te disse (este ano) que te adoro?
      O teu comentário está cinco estrelas!!... e deixou sementes de alegria no meu coração!


      És única!! Obrigada minha Amiga! Adoro-te!
      Mil beijinhos... 😘
      (^^)

      Eliminar
  16. Vim mais uma vez pelo perfume dos jardins e deixar o meu beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Adélia,

      Espero que a Primavera chegue depressa... e me tire desta letargia em que o Inverno me prendeu!


      Beijos no teu 💙
      (^^)

      Eliminar
  17. Coisa "mai" linda e inspiradora!!!
    Beijinhos, feliz ano novo :)

    ResponderEliminar