domingo, 15 de outubro de 2017

UMA MÃO CHEIA DE PALAVRAS... (#49)




No Domingo passado, em virtude de eu ter estado em viagem para participar no 6º Encontro de Bloggers, não consegui organizar-me de modo a oferecer-vos o enigma da semana.
Hoje já não aconteceu o mesmo e aqui vos deixo um ENIGMA ESPECIAL. Porque é que é espacial?? Bem... quando o decifrarem... vão descobrir porquê!  :))

Especial ou não, não vou fugir ao que é hábito, vou dar-vos de novo uma mão cheia de palavras, são novamente 5 como os dedos da mão... e com elas quero que encontrem então a palavra (ou a frase) que, desta vez, faz a ligação entre as cinco: a CHAVE do enigma.



ENIGMA nº 49




Qual acham que será a "chave" que liga as cinco pistas de hoje?



---------------------------------------------------------------------------------

Quem souber a resposta, ou tiver um palpite, POR FAVOR não deixe aqui na caixa de comentários a resposta ao enigma! Enviem por favor as vossas respostas para o meu endereço  jardinsdeafrodite@gmail.com  para não estragarem o prazer do passatempo aos que por aqui passarem a seguir e quiserem chegar sozinhos à solução.

---------------------------------------------------------------------------------


DIVIRTAM-SE  :))

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

REVISITANDO FLORBELA ESPANCA - "Se tu viesses ver-me..."



POST REEDITADO  
(original de 24/04/2014)





                   Se tu viesses ver-me hoje à tardinha, 
                   A essa hora dos mágicos cansaços, 
                   Quando a noite de manso se avizinha, 
                   E me prendesses toda nos teus braços... 

                   Quando me lembra: esse sabor que tinha 
                   A tua boca... o eco dos teus passos... 
                   O teu riso de fonte... os teus abraços... 
                   Os teus beijos... a tua mão na minha... 

                   Se tu viesses quando, linda e louca, 
                   Traça as linhas dulcíssimas dum beijo 
                   E é de seda vermelha e canta e ri 

                   E é como um cravo ao sol a minha boca... 
                   Quando os olhos se me cerram de desejo... 
                   E os meus braços se estendem para ti... 


                   Florbela Espanca, in "Charneca em Flor"




a ouvir... 

quarta-feira, 11 de outubro de 2017

CARTA ABERTA AOS MEUS AMIGOS...


(obrigada pelas lembranças... ao Rui, ao Ricardo, ao Kok, à Elvira, à Gábi e à Libel...)


Domingo passado foi o GRANDE DIA - o dia do 6º Encontro de Bloggers - e desculpem só agora poder vir dar-vos o feedback do nosso dia memorável... mas o que acontece é que ainda estou a curar a ressaca!! 
hehehehe.... mentira!! Só me está a custar um bocadinho organizar-me para que o meu tempo chegue para tudo!  :))

Quero começar por agradecer!
Acho que não preciso dizer que ADOREI estar convosco e como andei feliz todo aquele dia, porque a minha felicidade estava estampada no meu rosto. Quem me conhece (e acho que já todos me conhecem bem) sabe que estes momentos de convívio são preciosos para mim... e por eles, e pelas lembranças que vou guardar comigo, a TODOS agradeço.
Bem hajam pelos abraços que trocamos, pelos sorrisos e gargalhadas que demos, pelas cumplicidades que construímos, pelo carinho e forte amizade que partilhamos!

Nós somos de facto um grupo muito especial... e estou a referir-me não só a estas 18 pessoas que ali se juntaram na Casa do Alentejo... mas também a TODOS os que não puderam estar presentes em corpo mas que estiveram connosco em espírito, quer os que estiveram connosco apenas em pensamento, quer os que enviaram mensagens pelos vários canais de comunicação e obviamente os que se juntaram a nós em contacto telefónico.

A todos brindamos no brinde do costume, com a ginjinha de Óbidos que sempre nos acompanha. E a prova está aqui... a garrafa ficou vazia!


(... as trouxas de Mafra da Esmeralda e a ginjinha de Óbidos da Manu)


Este dia 8 de Outubro de 2017 é mais um dia para guardar na "caixinha" dos dias felizes da minha vida.
Espero poder ter o privilégio de coleccionar mais alguns na vossa companhia.

Bem hajam! ...
E mais um FORTE abraço para TODOS!

domingo, 1 de outubro de 2017

UMA MÃO CHEIA DE PALAVRAS... (#48)




E já hoje é de novo DOMINGO!
Tivemos hoje um dia lindo, dia de aproveitarmos este outono quente que mais parece um verão tardio. É dia também de estarmos mais ligados às televisões para ficarmos a conhecer os resultados eleitorais e menos aos computadores e à Blogosfera.

Por isso o enigma de hoje é leve... mas para não fugir ao que é hábito, vou dar-vos então uma mão cheia de palavras, são novamente 5 como os dedos da mão... e com elas quero que encontrem então a palavra (ou a frase) que, desta vez, faz a ligação entre as cinco: a CHAVE do enigma.



ENIGMA nº 48




Qual acham que será a "chave" que liga as cinco pistas de hoje?



---------------------------------------------------------------------------------

Quem souber a resposta, ou tiver um palpite, POR FAVOR não deixe aqui na caixa de comentários a resposta ao enigma! Enviem por favor as vossas respostas para o meu endereço  jardinsdeafrodite@gmail.com  para não estragarem o prazer do passatempo aos que por aqui passarem a seguir e quiserem chegar sozinhos à solução.

---------------------------------------------------------------------------------


DIVIRTAM-SE  :))


quinta-feira, 28 de setembro de 2017

PASSATEMPO - "A Melhor Frase de Amor é..."




Está a decorrer no blogue da NI, agora com o nome «SIMPLESMENTE NI...», um passatempo muito interessante e que nos fala de AMOR.

À semelhança de outros passatempos que já realizou em outros anos (e que decerto muitos recordam), o objectivo deste é o de participarmos com uma frase de Amor da nossa autoria para que, e uma vez todas reunidas, sejam levadas a votação.

Cliquem no selo ali em cima e ele levar-vos-á às regras e todos os pormenores desta iniciativa.
Podem também aproveitar para ir lendo as frases já publicadas... e sendo elas todas excelentes, vai ser é difícil escolher a melhor!

PARTICIPEM!!
Olhem que o prazo de recepção das frases termina dia 1 de Outubro (já no próximo Domingo)

domingo, 24 de setembro de 2017

UMA MÃO CHEIA DE PALAVRAS... (#47)




Este é o primeiro desafio do Outono.
Hoje, e como de vez em quando acontece, decidi homenagear mais um/uma amigo/amiga do nosso "blogobairro" que muitos, senão TODOS os que por aqui passam habitualmente, poderão facilmente reconhecer.

Para descobrirem de quem se trata vou dar-vos uma vez mais uma mão cheia de palavras, são novamente 5 como os dedos da mão... e com elas quero que encontrem então o NOME da pessoa que, desta vez, faz a ligação entre as cinco: a CHAVE do enigma.

PODEM VER AQUI (ou no separador ali em cima) A LISTA DOS HOMENAGEADOS EM EDIÇÕES ANTERIORES.


ENIGMA nº 47




Quem acham que estará a "chave" que liga as cinco pistas de hoje?



---------------------------------------------------------------------------------

Quem souber a resposta, ou tiver um palpite, POR FAVOR não deixe aqui na caixa de comentários a resposta ao enigma! Enviem por favor as vossas respostas para o meu endereço  jardinsdeafrodite@gmail.com  para não estragarem o prazer do passatempo aos que por aqui passarem a seguir e quiserem chegar sozinhos à solução.

---------------------------------------------------------------------------------



DIVIRTAM-SE :))

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

FORÇA SALVADOR...



Luísa e Salvador Sobral
UM ABRAÇO QUE VALE POR MIL PALAVRAS


FONTE






E eu junto-me à família EUROVISÃO para desejar ao Salvador Sobral tudo de bom!

terça-feira, 19 de setembro de 2017

A LENDA DA MOIRA ENCANTADA DE GIELA...


[desafiada pela CATARINA e pela PAPOILA, aqui deixo o meu contributo para esta corrente de "Contos e Lendas" por elas começada. Quem quiser participar, p.f. deixe um voto de intenção na cx de comentários para TODOS podermos acompanhar]


FOTO - ver artigo no "Coisas da Fonte" 


Nasci e cresci numa casa com vistas para o Paço de Giela e fui ouvindo durante anos falar de uma lenda acerca daquele espaço misterioso - a Lenda da Moira Encantada.

Reza a lenda que um rei mouro, vindo de além mar com as suas gentes a conquistar terra aos cristãos até ser travado ao chegar às montanhas das Astúrias, construiu um palácio num lugar altaneiro  hoje conhecido por Giela, com belas vistas sobre o vale que o rio vez foi sulcando por séculos a fio.

Ora esse rei tinha uma filha de rara beleza, que por ser tão bela... vivia resguardada dos olhares de todos, confinada a viver apenas dentro do palácio rodeada de conforto e dos seus belos jardins floridos, gozando das riquezas proporcionadas por aquele pai "tirano" que a tinha destinada para dar em casamento a algum califa que estivesse disposto a oferecer por ela bom dote.

Mas houve um dia em que ela conseguiu escapar à vigilância dos guardas de seu pai e foi banhar-se nas margens do rio, podendo então maravilhar-se com a beleza daquele lugar que nunca tinha podido antes ver.
Foi quando surgiu um vulto do outro lado da margem, um jovem cavaleiro envergando uma armadura brilhante e prateada, montado num possante cavalo branco de longas crinas. Seria por certo um guerreiro perdido das hostes do rei cristão que haveria de voltar para reclamar aquelas terras como suas.

Quando os olhos azuis do cavaleiro se cruzaram com os negros olhos da princesa, foi como que os seus corações fosses atravessados por uma flecha do Cupido, cujo silvo os deixou enfeitiçados e apaixonados para sempre. 
Mas logo de seguida, os guardas de seu pai a alcançaram e resgataram para dentro do palácio, batendo caça ao cavaleiro que, na fuga e protecção, ainda feriu uns quantos soldados mouros ficando-se sem saber se ele teria escapado ou perecido ao fio das lâminas das espadas sarracenas.

Dilacerada pela revolta e presa ao feitiço daquele amor tão breve, a princesa jurou nunca se casar com outro que não o seu amado e, na esperança de ainda o encontrar, descia repetidas vezes às margens do Vez nunca porém alcançando o que pretendia, acabando por morrer de desgosto.

Passaram os anos... os séculos... mas a lenda continua viva, podendo-se ainda hoje nas noites de luar adivinhar-se o vulto da princesa junto ao rio esperando pelo regresso do seu amor, o cavaleiro de armadura prateada montado no seu cavalo branco.


FONTES: 
Os outros contadores de LENDAS estão AQUI 

domingo, 17 de setembro de 2017

UMA MÃO CHEIA DE PALAVRAS... (#46) (POST REEDITADO)

(REEDITADO - ver Solução mais abaixo)



E já hoje é de novo DOMINGO!
Entramos com a força toda no mês de Setembro e as vindimas se para uns já passaram, para outros ainda estão à porta, assim como o Outono que já quer espreitar.
E assim como as estações do ano se sucedem umas às outras, também aqui nos Jardins, semana após semana, se sucedem os enigmas uns atrás dos outros.

Por isso, e para não fugir ao que é hábito, vou dar-vos então uma mão cheia de palavras, são novamente 5 como os dedos da mão... e com elas quero que encontrem então a palavra (ou a frase) que, desta vez, faz a ligação entre as cinco: a CHAVE do enigma.



ENIGMA nº 46




Qual acham que será a "chave" que liga as cinco pistas de hoje?



---------------------------------------------------------------------------------

Quem souber a resposta, ou tiver um palpite, POR FAVOR não deixe aqui na caixa de comentários a resposta ao enigma! Enviem por favor as vossas respostas para o meu endereço  jardinsdeafrodite@gmail.com  para não estragarem o prazer do passatempo aos que por aqui passarem a seguir e quiserem chegar sozinhos à solução.

---------------------------------------------------------------------------------



REEDIÇÃO - Solução do ENIGMA nº46




1. Ney Matogrosso - artista brasileiro que interpreta a canção «ROSA de Hiroxima» de Vicicius de Moraes;
2. Pantera - quem não se lembra da lendária Pantera cor-de-ROSA, personagem de uma série da desenhos animados?;
3. Bette Midler - actriz protagonista do filme «A ROSA», um drama biográfico inspirado na vida de Janis Joplin. A música principal deste filme também se chama «The Rose»;
4. Flor - a ROSA é uma das flores mais versáteis e mais utilizada no mundo inteiro;
5. Umberto Eco – escritor e filósofo italiano que ficou mundialmente conhecido pela sua obra «O Nome da ROSA», romance lançado em 1980 e que foi adaptado ao cinema apenas seis anos mais tarde, filme protagonisado por Sean Connery. 



ACERTARAM:
Rui Espírito Santo - Flor de Jasmim - Luísa - Graça Sampaio - Elvira Carvalho - Janita - Maria Eu -  Papoila - Ricardo Santos -  Prof. João Paulo - Maria Araújo - Teresa (Ematejoca) - Júlia Ribeiro - Victor Barão.



Os meus sinceros agradecimentos a todos os que participaram no passatempo desta semana e que comentaram. É que isto sem vocês não tinha mesmo piada nenhuma!  


  :))

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

OUVI DIZER QUE...



... há por aí alguém que precisa de mimos!
Quem se habilita!??


Fonte PINTEREST

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

JARDINS TERRENOS (#01)




Hoje começo uma nova rubrica, algo que tem tudo a ver comigo e com este meu cantinho! 

É de JARDINS que falo... e de flores...  🌷🌹🌼

Então o que me proponho é ir trazendo aqui jardins reais, uns mais conhecidos, outros menos... uns retratados com fotos minhas, outros com fotos da Net... mas sempre referindo o seu nome e a sua localização.

JARDINS DA QUINTA DA REGALEIRA 

Começo esta iniciativa com o jardim que (provavelmente) mais me encanta, pela beleza, romantismo e também por todo o misticismo que ele encerra.

A Quinta da Regaleira (vejam o link que é MUITO interessante) situa-se em Sintra e, para além dos seus jardins, possui um palácio construído já em inícios do século vinte e que evoca uma mistura de estilos arquitectónicos, como o renascentista, o gótico e o Manuelino.

A Quinta e os seus Jardins têm imensos pontos de interesse para se visitar, donde destaco o próprio Palácio, o Portal dos Guardiães,  o Patamar dos Deuses, o Poço Iniciático, a Torre da Regaleira, a Capela da Santíssima Trindade,o Bosque e as suas grutas subterrâneas, pormenores que podem ser encontrados nas fotografias que se seguem.

(clicar na foto se quiserem ver em tamanho grande)

(fotos retiradas do álbum de família) 

Links de interesse:

domingo, 10 de setembro de 2017

UMA MÃO CHEIA DE PALAVRAS... (#45) (POST REEDITADO)


(REEDITADO - ver Solução mais abaixo)



Desculpem-me o atraso... 
Cheguei agora numa pressa... hoje quase não havia desafio!!

Mesmo feito "às três pancadas", não vou fugir ao que é hábito, vou dar-vos como sempre uma mão cheia de palavras, são novamente 5 como os dedos da mão... e com elas quero que encontrem a palavra que, desta vez, faz a ligação entre as cinco pistas: a CHAVE do enigma.




ENIGMA nº 45




Qual acham que será a "chave" que liga as cinco pistas de hoje?



---------------------------------------------------------------------------------

Quem souber a resposta, ou tiver um palpite, POR FAVOR não deixe aqui na caixa de comentários a resposta ao enigma! Enviem por favor as vossas respostas para o meu endereço  jardinsdeafrodite@gmail.com  para não estragarem o prazer do passatempo aos que por aqui passarem a seguir e quiserem chegar sozinhos à solução.

---------------------------------------------------------------------------------



REEDIÇÃO - Solução do ENIGMA nº45




1. Scorpions - esta banda rock alemã, originária de Hannover e fundada em 1965, tem um tema muito conhecido de título «Rock You Like a Hurricane», que como sabem, "hurricane" quer dizer FURACÃO em português;
2. Mar - É no mar que um FURACÃO se forma, normalmente em águas com temperaturas acima dos 27º;
3. José - é o nome dado ao FURACÃO que se formou na zona do Mar das Caraíbas, logo a seguir  a ter-se formado o IRMA e antes da formação do KATIA;
4. Caraíbas - região da zona central do Continente Americano afectada e devastada pelo FURACÃO IRMA;
5. Philip Klotzbach – é um meteorologista especializado no estudo e previsão da ocorrência de FURACÕES na região do Atlântico.



ACERTARAM:
Janita - Elvira Carvalho -  Papoila - Rui Espírito Santo - Prof. João Paulo - Luísa - Ricardo Santos - Gábi - Pedro Coimbra - Catarina - Observador - Teresa (Ematejoca) - Maria Araújo - Yellow MacGregor - Graça Sampaio - Flor de Jasmim.

Um abraço especial ao Victor Beirão que ainda não foi desta que se aventurou a participar :)


Resumindo... os meus sinceros agradecimentos a todos os que participaram (quer tenham acertado ou não) e comentaram. É que isto sem vocês não tinha mesmo piada nenhuma!  


  :))

sexta-feira, 8 de setembro de 2017

O AMOR, MEU AMOR...

POST REEDITADO   
(original de 07/10/2015)



O Amor, Meu Amor

Nosso amor é impuro 
como impura é a luz e a água 
e tudo quanto nasce 
e vive além do tempo. 

Minhas pernas são água, 
as tuas são luz 
e dão a volta ao universo 
quando se enlaçam 
até se tornarem deserto e escuro. 
E eu sofro de te abraçar 
depois de te abraçar para não sofrer. 

E toco-te 
para deixares de ter corpo 
e o meu corpo nasce 
quando se extingue no teu. 

E respiro em ti 
para me sufocar 
e espreito em tua claridade 
para me cegar, 
meu Sol vertido em Lua, 
minha noite alvorecida. 

Tu me bebes 
e eu me converto na tua sede. 
Meus lábios mordem, 
meus dentes beijam, 
minha pele te veste 
e ficas ainda mais despida. 

Pudesse eu ser tu 
E em tua saudade ser a minha própria espera. 

Mas eu deito-me em teu leito 
Quando apenas queria dormir em ti. 

E sonho-te 
Quando ansiava ser um sonho teu. 

E levito, voo de semente, 
para em mim mesmo te plantar 
menos que flor: simples perfume, 
lembrança de pétala sem chão onde tombar. 

Teus olhos inundando os meus 
e a minha vida, já sem leito, 
vai galgando margens 
até tudo ser mar. 
Esse mar que só há depois do mar. 

Mia Couto, in "idades cidades divindades



a ouvir... 
Yiruma - «Because I Love You»