sexta-feira, 21 de agosto de 2015

DO DESEJO...



Foto de Sergey Ryzhkov


Colada à tua boca a minha desordem. 
O meu vasto querer. 
O incompossível se fazendo ordem. 
Colada à tua boca, mas descomedida 
Árdua 
Construtor de ilusões examino-te sôfrega 
Como se fosses morrer colado à minha boca. 
Como se fosse nascer 
E tu fosses o dia magnânimo 
Eu te sorvo extremada à luz do amanhecer. 


Hilda Hilst, in "Do Desejo" 



a ouvir... 
Ryuichi Sakamoto - «Amore»

32 comentários:

  1. A desordem do desejo numa tarde quente de verão... :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luísa

      O calor é propício às alucinações amorosas e às impetuosidades do desejo.
      Eu gosto é do verão! :))


      Beijinhos com açúcar
      (^^)

      Eliminar
  2. Silicone! Vejo ali silicone!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Catarina

      Eu não vejo silicone nenhum.
      Vejo é umas unhas horrorosas! Mas como achei a foto tão bela, fiz por esquecer esse detalhe.


      Beijinhos à lupa
      (^^)

      Eliminar
  3. Claramiga

    Gostava que me dissesses onde vais buscar a imaginação. Porque a foto é tão bela que nos faz inveja-la; porque o poema é duma sensualidade ímpar: tudo junto é uma maravilha!

    Bjs da Kel e qjs do Leãozão deslumbrado

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Henrique

      A imaginação preciso mais dela quando sou eu a criar um texto. Aqui limito-me a ser uma espécie de "costureira" que junta as várias peças e "cose-as" umas nas outras.

      Mas faltou-te ouvir a música. Mas tenho a certeza que se tiveres oportunidade para o fazer, vais gostar também, principalmente a partir do 1º minuto... altura em que a música ganha mais expressão.


      Um beijinho com linhas de alinhavo
      (^^)

      Eliminar
  4. Oh, those Russian photographers . . .
    (My favorite subject matter. Thanks for sharing.)
    xo

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rick

      I share your opinion.
      And I'm glad you liked.

      поцелуи
      (^^)

      Eliminar
  5. A imagem, belíssima!
    O poema, sublime!
    A musica, simplesmente magnifica!

    Beijinho e bom fim-de-semana :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. BM

      Caramba, dizeres as coisas assim deixa-me apenas com uma "saída": dar-te beijinhos... a triplicar! :))))

      Obrigada minha linda
      Bom fim de semana com tudo de bom
      (^^)

      Eliminar
  6. Excelente foto deste fotógrafo russo que aliás já nos trouxeste aqui. Uma excelente poesia desta autora brasileira e uma não menos excelente música deste músico e compositor japonês !

    Gostei imenso deste teu tríptico !

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo

      Verdade sim, este é o 4º trabalho que escolho dele, um deles com estes mesmo modelos.
      Como o Rick salientou, há fotógrafos russos com trabalhos notáveis e eu sou grande fã de alguns que conheço.
      As restantes escolhas têm a ver com uma grande amiga... e que se continuares atento saberás quem é.


      Obrigada
      Beijinhos em português
      (^^)

      Eliminar
  7. Querida Madrinha Afrodite, peço-te a bênção.
    O que seria das nossas existências se tão tivéssemos a prerrogativa do desejo realizável ou não.
    Como é alvissareiro com um desejo torna-se factível.
    Max, traga meus sais centuplicado.
    Caloroso abraço. Saudações desejosas.
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus, sem ranços, com muita imaginação e com muito gozo.

    PS - A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, teve a audácia de dizer que sabe muito bem o motivo da moçoila ter aqueles unhas pontiagudas horrorosas. Eu a proibi terminantemente de externar o motivo, porque senão ela ficaria suspensa por 69 dias de fornecer adubo afrodisíaco para os teus sempre bem cuidados e perfumados Jardíns, que deixam os frequentadores com desejo intenso de retornarem sempre.

    PS II - A Terpsícore mandou-te um beijinho coreografado e recomendou que este teu afilhado mofado e caquético te brinde com este mimo cheio de desejos contidos e explícitos:
    https://www.youtube.com/watch?v=L18b3UQQ49I

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Professor

      Há por cá um ditado que diz "quem procura sempre alcança"... e eu atrever-me-ia a trocar uma palavra para ficar assim: «quem deseja sempre alcança». O que importa é deixarmo-nos levar nas asas do desejo...

      Obrigada pelo mimo :)
      Gosto de dança flamenga... principalmente dançada por bailarinos masculinos.
      (e estou a lembrar-me do bailarino espanhol Joaquín Cortés)


      Beijinhos ao som das castanholas
      (^^)

      Eliminar
  8. PS III - Onde se lê tão leia-se não e onde se lêcom leia-se quando.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Entendido!
      Ah... e por favor mantenha a Agrado de "rédea curta"!

      (^^)

      Eliminar
  9. Casamento perfeito de imagem com a palavra! Bom de mais!
    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Graça

      E quando puderes ouve o tema do japonês Sakamoto. Acho-o muito bonito.
      A Hilda Hilst tem poemas lindos! Hão-de aparecer mais por aqui...


      Beijinhos minha querida
      Bom fim de semana
      (^^)

      Eliminar
  10. Desejo
    é o que normalmente se tem
    sem receio
    que um dia se perca

    (bonito, isto!)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rogério

      Decifrar o teu comentário é tão delicioso como tentar interpretar o poema da Hilda... :)

      (é também sempre bonito aquilo que escreves)


      Beijinhos e bom fim de semana
      (^^)

      Eliminar
  11. inveja dessas belas pernocas sem vestígios de celulite! inveja da outra parte também :)

    ou seja essa representação de uma Psiquê revivida pelo beijo de Eros...
    abraços
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Angela

      Na mitologia grega, Afrodite tinha uns ciúmes terríveis de Psiquê...
      Mas afinal quem está com inveja és tu. (hehehe)

      Vamos rindo amiga que esta vida são dois dias... que elas é que eram imortais e nós somos apenas umas pobres mortais!


      Beijinhos do Olimpo
      (^^)

      Eliminar
  12. Um desejo que nem as palavras acalmam.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pérola

      O desejo é como a saudade... é como uma FOME que só atenua com a presença de quem (ou daquilo que) se deseja.


      Beijinhos minha linda
      (^^)

      Eliminar
  13. Magnifico, gostei muito!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Adélia

      Como já prometi à Graça, hei-de trazer aqui mais textos desta poetisa brasileira.
      Escreve com alma... e com pele nas palavras.


      Beijinhos com abraços apertadinhos
      (^^)

      Eliminar
  14. .

    .

    . e eu ? . eu colo.me às palavras que aqui são Poema incandescente .

    . :) .

    .

    . um beijo meu .

    .

    .

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Intemporal

      É isso mesmo!
      Acho que o definiste com exactidão... poema incandescente... pois as palavras revelam o fogo de uma paixão. (e há paixões que nos consomem como labaredas)


      Beijinhos gratos
      (^^)

      Eliminar
  15. Respostas

    1. Maria Eu

      Em parte (2/3) graças a Ti!! :)))


      Beijinhos cúmplices!
      (^^)

      Eliminar
  16. Acho que nunca li nada dessa autora, mas preciso rever isso, porque só pela primeira frase já vale a pena. A fotografia é magnífica e casou bem com o poema.

    Gostei daqui e se permitir virei mais vezes.:)

    Beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Salete

      Nos meus Jardins são todos bem vindos aqueles que vierem por bem.
      Bem Vinda :)


      Beijinho retribuído
      (^^)

      Eliminar