segunda-feira, 20 de julho de 2015

LETTRES D'AMOUR...



Foto e frase minhas

(clicar na foto para ampliar)




a ouvir... ♫
Leo Ferré - «L'Amour Fou»

42 comentários:

  1. ...e quem escreve assim não é gag...
    ...disléxico!

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Era mesmo isto que eu queria dizer, sem o remate final que ficou muito bem.

      Pois é, quem escreve assim, ama. :)

      Eliminar

    2. Cláudio

      Os dedos no teclado podem escrever rápida ou lentamente... mas felizmente não gaguejam! :)))


      Beijinhos sem soluços
      (^^)

      Eliminar

    3. Pusinko

      Como diz a canção de Ferré... "L'Amour (est) fou"!


      Beijinhos com amor
      (^^)

      Eliminar
  2. Et quelle belle lettre d'amour :)

    Bisous

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. BM

      Merci ma chère.
      Bisous pour toi aussi
      (^^)

      (vê por favor mais em baixo o que escrevi ao Francisco Oliveira)

      Eliminar
  3. Não conhecia. As melodias francesas têm um encanto muito especial.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Catarina

      Podes crer que sim!!
      Aliás, o título que inicialmente tinha pensado para este post era LOVE LETTERS... mas depois da decisão de qual a música ideal para este texto, tive de trocar o título para francês. O tal encanto... :))


      Beijinhos especiais para ti
      (^^)

      Eliminar
  4. É sempre um prazer ouvir Leo Ferré.
    Fez-me lembrar o Fernando Pessoa em:

    Todas as cartas de amor são
    Ridículas.
    Não seriam cartas de amor se não fossem
    Ridículas.

    Um abraço e boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Francisco

      É um prazer sim. Este "Amour Fou" ouço-o a cada passo.
      Quanto a Pessoa, roubaste-me a deixa... pois era o que eu ia escrever à Beijo Molhado!
      :))


      Beijinhos com transmissão de pensamentos
      (^^)

      Eliminar
  5. Quem me dera no tempo em que recebia cartas de amor ridículas ♥♥

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Teresa

      As saudades doem muito... :(


      Um abraço apertado e um beijinho no teu ♥

      Eliminar
  6. L'amour est un oiseau rebelle
    Que nul ne peut apprivoiser
    Et c'est bien en vain qu'on l'appelle
    C'est lui qu'on vient de nous refuser

    Rien n'y fait, menaces ou prieres

    L'un parle bien, l'autre se tait

    Et c'est l'autre que je prefere

    Il n'a rien dit mais il me plait

    L'amour, l'amour, l'amour, l'amour

    L'amour est enfant de boheme

    Il n'a jamais jamais connu de lois

    Si tu ne m'aimes pas je t'aime

    Si je t'aime prend garde a toi

    Si tu ne m'aimes pas

    Si tu ne m'aimes pas je t'aime

    Mais si je t'aime, si je t'aime

    Prends garde a toi

    L'oiseau que tu croyais surprendre

    Battit de l'aile et s'envola

    L'amour est loin, tu peux l'attendre

    Tu ne l'attends plus, il est la
    Tout autour de toi, vite, vite

    Il vient, s'en va puis il revient

    Tu crois le tenir, il t'evite

    Tu crois l'eviter, il te tient
    L'amour, l'amour, l'amour, l'amour

    L'amour est enfant de boheme

    Il n'a jamais jamais connu de lois

    Si tu ne m'aimes pas je t'aime

    Si je t'aime prend garde a toi

    Si tu ne m'aimes pas

    Si tu ne m'aimes pas je t'aime

    Mais si je t'aime, si je t'aime

    Prends garde a toi

    Georges Bizet

    Um beijo, minha amiga, bem ternurento. :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Maria

      Estava a contar desta vez responder ao teu comentário com música, tinha apenas que pesquisar de que ária de Bizet seria este poema... mas já não cheguei a tempo!!
      (já é o segundo comentário que me "roubam" hoje! hehehe)


      Beijinhos amorosos em ti
      (^^)

      Eliminar
    2. Porque não chegaste a tempo?

      Eliminar

    3. Simples, porque o Ricardo comentou (vê lá mais em baixo) antes de mim... e, como que em transmissão de pensamentos, comentou ele com a "Habanera".

      (^^)

      Eliminar
  7. Lindo !... Lindo ! ...Lindo !...

    Que maravilhosa confissão (resignada), certamente retribuída, de um grande Amor de concretização impossível !!! …

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui

      Nada disso! Não se trata propriamente de uma confissão.
      Esta frase escrevi-a por alturas do último Passatempo da Ni, o do Dia dos Namorados 2014. Apenas não concorri com ela por achar que era muito extensa e ninguém a iria ler.
      Na altura, quando a escrevi, inspirei-me não num amor impossível, mas no meu amor de uma vida inteira :)


      Beijinhos confessados
      (^^)

      Eliminar
  8. A distancia apenas separa os físicos nunca os corações!

    Lindo...não conhecia a música.

    Beijinho Amiga tem uma boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Adélia

      Verdade! Quando a distância separa também os corações, o amor acaba.
      Lembrei-me daquela frase que diz «a distância está para o amor como o vento para o fogo: apaga o pequeno, aviva o forte».


      Beijinhos minha querida e boa semana para vocês também
      (^^)

      Eliminar
  9. Jesus Christ!..... Como me revejo esta lettre d'amour.....

    Bisous.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Graça

      As cartas de amor, na sua essência, são todas muito semelhantes. Há sempre o enfoque na exaltação do Amor e na eternidade desse sentimento.
      Fizeste-me sorrir, sabias?


      Beijinhos siameses
      (^^)

      Eliminar
  10. Tão bonitas essas palavras de amor. E verdadeiras... mesmo que o amor acabe um dia as histórias que ficaram para contar dele são suficientes para fazer quem verdadeiramente amou sorrir.

    Beijinho:))

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. AC

      Obrigada minha linda! É isso sim!
      Que bom ter-te aqui... e com a tua presença foste tu que me fizeste sorrir :)


      Um beijo do tamanho de ir à tua procurar e voltar!
      (^^)

      Eliminar
  11. Uma das passagens musicais do "Belo Canto" mais bonitas.... Aqui fica a ária da qual a Maria colocou a letra. Habanera, da Òpera Carmen de Georges Bizet - Habanera

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo

      Foste mais rápido no gatilho... pois tinha pensado comentar a Maria Eu com um vídeo dessa música! Na verdade tenho de te agradecer pois poupaste-me o trabalho de pesquisa! :))


      Beijinhos "habanerados"
      (^^)

      Eliminar
    2. Ah!!! Tinha que ser o Ricardo! :))))

      Eliminar
    3. Um beijo Habanero a ambos. :)

      Eliminar
  12. Eu acredito nessa carta.
    Todos devemos acreditar!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Manuel

      Amar é uma prova de fé...
      Quem ama acredita.


      Beijinhos na volta do correio
      (^^)

      Eliminar
  13. Ler, assim, o amor, e ouvi-lo nessa canção do Leo Ferré... É muito bom. :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luísa

      E tu que "não gostas nada" de música francesa!! ;))
      (se não gostasses ficavas a gostar!... porque este tema é soberbo)


      Beijinhos cantados
      (^^)

      Eliminar
  14. Adoro.
    A musica é linda.
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Papoila

      É linda sim... e até acho que este adjectivo nem lhe faz justiça.
      Também gostas de música francesa?


      Beijinhos... quatro, para ser à medida
      (^^)

      Eliminar
  15. As cartas de amor são ridículas, disse o poeta. E todavia esta não me parece que seja.
    Esta é seguramente a realidade para algumas pessoas, essencialmente as "maiores de 21".
    Agora os tempos são outros e com a rapidez com que as paixões se transformam em amores e desamores, voltará aquela carta a ser ridícula, como disse o poeta?
    Obrigado por "mostrares" a canção que é lindíssima e por me recordares o Leo Ferré que há muito tempo não ouvia.
    Beijokas cantadas com sorrisos :))

    ResponderEliminar
  16. Sublime !
    amo as musicas francesas.São doces_ tenho também uma sensação de flutuar.num campo de flores .. rs é o amor!!
    obrigada Perfeito!
    _ e quanto as cartas de amor elas chegam de várias formas _ uma delas são canções assim.
    beijo Afrodite

    ResponderEliminar
  17. No meu tempo de adolescente eram sem dúvida as canções francesas que mais gostava de ouvir!
    Faziam parte dos nossos bailes de estudantes, eram as que traduziam melhor as nossas paixonites agudas rsrsrsr por serem as mais românticas. Ainda me lembro do escândalo que foi, ainda numa sociedade puritana o tema "Je t`aime moi non plus":
    Leo Ferre foi um desses homens cujas músicas ainda hoje me deixam a sonhar.
    Obrigada por me teres recordado bons momentos.

    Beijos querida amiga

    ResponderEliminar
  18. olá Afrodite tenho acompanhado os meus amigos franceses por estas bandas, ent-ao menos tempo para os amigos dos blogues! tinha visto o teu post e pensei que essas cartas de amor nos enchiam o coração de esperança e de outras coisas.... vejo as mensagens de hoje tão rápidas e codificadas, e penso será que as cartas de amor já são artigos de museu ?! espero que ainda não :)

    beijocas
    Angela

    ResponderEliminar
  19. Obrigada por este momento mágico, minha amiga.
    Adoro ouvir Leo Ferré

    Guardo as minhas cartas de amor com todo o carinho.

    Um beijinho com amizade


    ResponderEliminar
  20. Je n'ai pas de lettres d'amour , mais j'ai une histoire d'amour que je n'oublie jamais.
    Un chanteur de mon jeunesse.
    Le temp est passé mais aujourd'hui il est dans notre coeur.

    ResponderEliminar
  21. Essa também está na minha lista do On the rocks, obviamente
    Beijinho estivais.

    ResponderEliminar