segunda-feira, 26 de maio de 2014

SENSUALIDADE LATINA...







Nota:
Não sei se alguém a reconhece... mas a menina deste vídeo de 2008 chama-se Ruth Lorenzo e foi a representante da RTE no Festival da Eurovisão deste ano.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

REVIVER BRACARA AUGUSTA...



(foto tirada durante a edição de 2013)


BRAGA está este fim de semana de portas abertas para receber quem quiser reviver a Bracara do tempo do imperador romano César Augusto. 

Venham visitar a cidade e desfrutar do ambiente, da cor, dos aromas e sabores daqueles tempos.



Sites de interesse:

quinta-feira, 22 de maio de 2014

DIREITO À INDIGNAÇÃO!! :((


Quem me conhece minimamente sabe que tento ser uma pessoa tolerante e o mais ecléctica que consiga.
Mas há coisas que não consigo engolir e chego mesmo a ser intolerante com a estupidez, com o ódio, com a violência, com a crueldade e com a injustiça.

Podia fazer como tantas e tantas vezes faço... ignorar, dar desprezo, manter-me na minha habitual forma de estar e não fazer ondas...
Mas desta vez não consigo calar a minha indignação ao aperceber-me de que há no nosso país quem use a música como veículo de violência e propaganda à anarquia...

Não vou dar aqui tempo de antena a quem não o merece, este espaço florido é a minha casa e aqui só quero mostrar coisas belas. Mas se alguém quiser saber porque estou tão indignada, pode ir ler ESTE artigo e este POST da Helena Sacadura Cabral. Muitos dos comentários que lá se podem ler espelham bem o meu sentimento. 


Como contraponto ofereço-vos um poema de Eugénio de Andrade... onde se fala de uma certa urgência...

URGENTEMENTE


É urgente o amor 
É urgente um barco no mar 

É urgente destruir certas palavras, 
ódio, solidão e crueldade, 
alguns lamentos, muitas espadas. 

É urgente inventar alegria, 
multiplicar os beijos, as searas, 
é urgente descobrir rosas e rios 
e manhãs claras. 

Cai o silêncio nos ombros e a luz 
impura, até doer. 
É urgente o amor, é urgente 
permanecer. 

Eugénio de Andrade, in "Até Amanhã"


a ouvir... 

sexta-feira, 16 de maio de 2014

ÁGUA FONTE DE VIDA... E NÉCTAR DOS DEUSES




Pormenores da Fonte de Neptuno em Bolonha




Graças a ESTE POST da minha amiga Janita fiquei a conhecer a fonte de Neptuno em Bolonha, monumento símbolo da cidade e conhecido como o "Gigante de Bolonha".

Giambologna, o escultor deste monumento de estilo maneirista e de forte cariz erótico, faz uma analogia entre a água como fonte de vida... tal e qual como o leite materno. Infelizmente a igreja não o deixou esculpir o órgão genital de Neptuno com o tamanho que ele pretendia.  :)) 



a ouvir... 




Fontes:
http://pt.wikipedia.org/wiki/Giambologna
http://it.wikipedia.org/wiki/Fontana_del_Nettuno_(Bologna)
https://www.flickr.com/photos/cienne/sets/72157594327861468/
http://eumundoafora.blogspot.pt/2011/12/sete-segredos-de-bologna.html
http://italianarte.weebly.com/1/post/2012/08/bolonha-e-a-fontana-del-nettuno.html

domingo, 11 de maio de 2014

ECOS DO FESTIVAL DA EUROVISÃO...


Gostos e polémicas à parte, deixo-vos aqui o que para mim foi o momento alto da edição deste ano do EUROVISION SONG CONTEST 2014, um momento onde a Europa unida cantou a uma só voz este refrão...

Way-a way-o way-o way-a
Way-o way-o way-a
Way-o way-o way





Nota: adoro sons tribais... e se esta música tivesse ido a concurso, aposto que Emmelie de Forest voltava a ganhar este ano  :))
Podem ouvir a versão de estúdio AQUI  ♫♪

quarta-feira, 7 de maio de 2014

SOMBRAS NA PELE...


Foto de Alisa Verner


... será que é desta que o sol veio para ficar??
a ouvir... 

segunda-feira, 5 de maio de 2014

FESTIVALICES...








Para mim a canção representante da Áustria é uma séria candidata à vitória da edição do Festival da Eurovisão deste ano.

(o vídeo foi feito durante o ensaio para o espectáculo da segunda semi-final, que terá lugar no dia 8 deste mês em Copenhaga)

Nota: Video da Semi-final AQUI


domingo, 4 de maio de 2014

PORQUE AS MÃES... SÃO ETERNAS


Foto da Net


Para Sempre


Por que Deus permite 
que as mães vão-se embora? 
Mãe não tem limite, 
é tempo sem hora, 
luz que não apaga 
quando sopra o vento 
e chuva desaba, 
veludo escondido 
na pele enrugada, 
água pura, ar puro, 
puro pensamento. 
Morrer acontece 
com o que é breve e passa 
sem deixar vestígio. 
Mãe, na sua graça, 
é eternidade. 
Por que Deus se lembra 
— mistério profundo — 
de tirá-la um dia? 
Fosse eu Rei do Mundo, 
baixava uma lei: 
Mãe não morre nunca, 
mãe ficará sempre 
junto de seu filho 
e ele, velho embora, 
será pequenino 
feito grão de milho. 


Carlos Drummond de Andrade, in "Lição de Coisas"


quinta-feira, 1 de maio de 2014

POSTCARD FROM BRAGA...




Os meus jardins estão sempre floridos  :)))

Jardim de Santa Bárbara


BOM FERIADO PARA TODOS !!