terça-feira, 2 de dezembro de 2014

PENSAMENTOS SOLTOS...


Trabalho de Lauri Blank

«Apenas os que amam as pessoas
 naquilo que elas realmente são 
podem fruir das bênçãos 
de uma relação de amor»

Zsolnai, "Ethics needs spirituality"


a ouvir... 

17 comentários:

  1. Verdade inquestionável...
    ...quem ama alguém em que projecta o que gostava que essa pessoa fosse acaba por se dar mal...
    ...até porque no fundo não ama a pessoa, mas o seu ideal dessa pessoa...

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ulisses

      Mas isso é um "déja vu"... e acontece em montes de relacionamentos. Por isso depois há as desilusões! :(


      Beijinhos francos
      (^^)

      Eliminar
  2. Na verdade sou aquilo que somos
    Pois tu és aquilo que sou...
    Assim nos relacionamos
    Onde tu vais já eu estou!
    Este amor real e espiritual
    Por muitos imaginado
    Tem sido por nós vivido
    Num ritual imperturbado...
    Muito próximo, sereno e abençoado!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. "Maria"

      As relações de amor são normalmente o reflexo daqueles que nelas participam... podem ser serenas ou tempestuosas, podem ser próximas ou afastadas, podem ser fugazes ou duradouras... serem reais, espirituais, virtuais...
      Todas têm um denominador comum: uma vontade de entrega e de aceitação do outro.
      Caso contrário não são relações de amor.


      Beijinhos serenos
      (^^)

      Eliminar
  3. Amor verdadeiro, amar o próximo como a nós mesmos. E às vees o proximo extá ao lado.
    Kis:=)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Gi

      E diria antes... que "o próximo" não tem de estar necessariamente ao nosso lado.
      Hoje em dia, a Geografia já não é encarada como dantes! :)

      Quanto à premissa «amar o próximo como a nós mesmos» assim como aquela outra «não faças aos outros aquilo que não queres que te façam a ti» são pedras basilares da minha existência! Abençoada catequese! E que tanta falta faz a tantos dos nossos jovens que são educados sem valores humanos... e que tanta falta faz também àqueles que já a esqueceram.


      Beijinhos de longe mas que chegam bem perto
      (^^)

      Eliminar
  4. Boa tarde, No amor somos loucos com razão, ou somos loucos, porque há alguma errada em nós.
    AG

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. António

      Não vejo nada de errado no Amor...
      Já loucura sim... mas abençoada loucura que nos faz elevar o espírito e ajuda a equilibrar o peso da razão.


      Beijinhos racionais
      (^^)

      Eliminar
  5. Cara Amiga Afrodite!
    A sua enternecedora canção me fez lembrar:
    https://www.youtube.com/watch?v=p9FYD1dlw4E
    https://www.youtube.com/watch?v=nD4ib9-laGY
    O segundo mimo é muito especial na sua radiante existência!
    Caloroso abraço! Saudações amorosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento e do bem viver sem véus!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Professor

      Fico radiante com os mimos musicais que me envia!
      Paul Mauriat é um orquestrador francês muito famoso e conhecido e este "Amour est Bleu" da Vickie Leandros traz-me recordações profundas.


      Obrigada!
      Beijinhos com muita amizade
      (^^)

      Eliminar
  6. Se não for assim, não faz sentido!
    Quando se ama, não se ama só por virtudes, porque isso é impossível, podemos não concordar com formas diferentes, mas aceitar e principalmente respeitar, isso é uma virtude.
    Sabes amiga lembrei de algo que costumo dizer algumas vezes. que é:

    Se não houvesse sexo nem dinheiro, todo o amor era verdadeiro:

    Beijinho princesa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Adélia

      Deixaste-me pensativa com a tua frase...
      De facto o dinheiro corrompe... e muitas vezes o sexo cega!

      Faço-te uma reverência!
      Já alguma vez te disse que te admiro muito?
      Beijinhos reverenciadores
      (^^)

      Eliminar
  7. É isso Deusa
    _ e amar é essa coisa boa ,é precisar do outro de tal forma que o sentimento transborda.
    Para o coração.
    Interessante que quando se ama não se busca a verdade busca-se o eterno.Até que dure !
    _ e as rosas vermelhas desse espaço é puro amor em cores.
    abraços kirida

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Lis

      «quando se ama não se busca a verdade busca-se o eterno.Até que dure !»
      Grande frase amiga!!
      Um dia destes cito-te a ti :))


      Beijinhos fofos
      (^^)

      Eliminar
  8. Chapelada para o autor e uma beijoca para quem publica a mensagem

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro

      Merece a nossa vénia sim! :))


      Muitos beijinhos para ti também
      (^^)

      Eliminar
  9. Obrigada pelas músicas e companhia aqui.
    Agora vou dormir.
    um beijinho
    Gábi

    ResponderEliminar