quinta-feira, 25 de setembro de 2014

AMOR? OU ILUSÃO?



Imagem da Net



"A distância é piedosamente enganadora - faz-nos crer que amamos as pessoas e não apenas o amor que tecemos em volta delas. Como a pérola, abraçada ao corpo estranho que a encanta e ameaça. Beleza prisioneira de concha própria..."


JÚLIO MACHADO VAZ




Mas quantos e quantos corações se amam à distância!?
Pois é... o que o Júlio não considerou é que existem diferentes tipos de amor... e há os que subsistem mesmo sem contacto físico.



a ouvir... 

22 comentários:

  1. As tais dúvidas presentes de ti em mim!
    Amor e ilusão andam sempre de mãos dadas
    Umas vezes porque são e acontecem
    Outras porque nos deixam desencantadas...
    Será que as coisas são sempre assim?
    É que as ilusões vão-se sempre
    Mas os amores...esses se o são, permanecem!

    ResponderEliminar
  2. Na minha modesta opinião, analisando esse excerto metafórico de um texto escrito pelo especialista em sexologia, e a tua abordagem ao tema, devo dizer-te que ambos estão certos!
    A ilusão estará nas fantasias que se criam na mente de quem ama à distância, deixando-se envolver por aquilo que se deseja e não tanto pelo que, na realidade, acontece.

    Já tu falas de amor, visto nas mais variadas vertentes, que nem preciso nomear.
    Claro, que se pode amar à distância e que há amores que sobrevivem sem contacto físico nem envolvimento sexual. Há amores que emanam do mais fundo do coração, mesmo sabendo que são impossíveis de concretizar.
    Chamem-lhe amores platónicos, chamem-lhe o que quiserem, mas lá que existem...existem!

    Abraços bem apertados!:)

    ResponderEliminar
  3. Amor é amor e tem sempre essa componente de fantasia, perto ou longe.

    Beijinhos Marianos repenicados, Afrodite! :)

    ResponderEliminar
  4. Quer o amor quer a ilusão são conceitos bem complexos e que às vezes se entrelaçam!
    O amor de pele será talvez o menos duradouro, daí haver tanto divórcio...

    Abraço

    ResponderEliminar
  5. O Júlio considerou, sim senhora
    "A distância é piedosamente enganadora..."
    Podemos estar perto mas muito longe
    Podemos estar longe e muito perto
    Sem qualquer ilusão

    ResponderEliminar
  6. Não é a distância que é piedosamente enganadora, a mente sim, pode sê-lo e sem piedade.
    A distância é inocente... o engano impiedoso do mental acontece até com as peles coladas...
    E relembrei... "... não há longe nem distância..." (Fernão Capelo Gaivota)
    Provocação...pensar que tipo de engano são os amores

    Na mouche ;) Beijo, Afrodite

    ResponderEliminar
  7. Sempre existiu o amor à distância, mesmo quando um rompe...quem ama(verdadeiramente) , ama eternamente e nunca esquecerá o que viveu...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  8. As mentes são mais enganadoras que a distância!
    A distância apenas consegue separar dois corpos, nunca dois corações.

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
  9. Boa noite, Distancia não significa nada quando alguém significa tudo.
    AG
    http://momentosagomes-ag.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  10. Amor a distância pode ser uma ilusão... das boas !
    Ama-se enquanto espera o amado _ ele precisa vir... senão o coração sofre e amor sofrido, enfraquece .
    E as pérolas são lindas Afrodite _ enfeitam a mulher ,deliciosamente.
    abraço

    ResponderEliminar
  11. Quando li o texto do JMV, pensei que ele se referisse à distância temporal, mas depois de ler o teu texto, fiquei na dúvida...
    Beijinhos interrogativos

    ResponderEliminar
  12. Amores platónicos, Afrodite??
    Beijinhos e votos de bfds

    ResponderEliminar
  13. Por motivos de força maior, não vou responder!
    É melhor.... :p

    Beijinhossssssssss*************************

    ResponderEliminar
  14. “Amo” pulseiras de pérolas e outras. Gosto de usar mais de 2 ou 3 ao mesmo tempo. Lindas estas.
    : )

    ResponderEliminar
  15. Bonita Foto e estou de acordo contigo. A música que escolheste coaduna-se, na perfeição !

    ResponderEliminar
  16. Será que nos dias de hoje o amor à distância é fiel?

    ResponderEliminar
  17. Eu pensava que a distância iria fazer o contrário - não fazer crer que amamos quem não amamos mas até ajudar a distinguir o que é amor e o que não o é.

    ResponderEliminar
  18. O amor é "lixado", disse o Miguel Esteves Cardoso, mas eu sou polido.
    :)

    ResponderEliminar
  19. Como dizem lá na minha terra: Nem muito ao mar nem muito à terra. a distância também faz falta. mAs só distância também mata...
    Beijinho com saudades!

    ResponderEliminar
  20. Um tema muito interessante, Afrodite ! ... e que dá muito "pano para mangas" ! :))
    Sabes que houve um período em que eu não perdia nenhum programa do Júlio Machado Vaz ?
    Ele tem uma forma muito curiosa de comunicar !

    Beijinho :))
    .

    ResponderEliminar
  21. Que linda frase!! E tão cheia de verdade!

    Boa escolha, Frô!!

    Beijinhos

    ResponderEliminar