domingo, 13 de julho de 2014

"PORTO DE ABRIGO" - Sheiks


Ainda há por aí quem se lembre deste projecto?


Há um barco no rio
E um rosto sombrio
E um fio de luar a boiar

Há uma rede vazia
Na noite mais fria
Tecida com mãos de lutar


          Há um corpo que se lança ao mar
          Sem baía para ancorar
          Com sal a queimar
          Amargo por não cantar


Há um corpo cercado
Com o tempo contado
Deitado na berma da estrada

Há um gesto adiado
Secreto e velado
À espera que seja alvorada


          Há um modo de ficar contigo
          Cinco letras de amor e trigo
          Quando te digo
          Que és o melhor abrigo


                         Nunca se apague esta luz
                         Que de noite nos desperta
                         É na margem do teu corpo
                         Que ficamos sempre alerta


Há um barco no rio
E um rosto sombrio
E um fio de luar a boiar

Há uma rede vazia
Na noite mais fria
Tecida com mãos de lutar


          Há um corpo que se lança ao mar
          Sem baía para ancorar
          Com sal a queimar
          Amargo por não cantar






Ouvir aqui  ♫


30 comentários:

  1. Lembrar, lembrar... não. Porque são do tempo que corresponde ao meu tempo de emigrante em França e em que ouvia mais as bandas de lá. :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luísa

      É natural que assim fosse.
      Nessa altura ainda se ouvia cá música francesa... agora é que népias!

      Quanto a este tema, e apesar de em 1980 (data do seu lançamento) eu já ouvia bastante rádio, só o conheci recentemente... e achei-o tão bonito que não resisti a publicá-la.


      Bisous
      (^^)

      Eliminar
    2. Grandes verdades caras Amigas !!!

      Eliminar

    3. Ricardo

      Eu sei que aprecias música francesa... mas as nossas rádios passam maioritariamente músicas em Inglês... e mesmo a música em Português não se ouve com o destaque que merecia.


      Beijinhos na língua de Camões
      (^^)

      Eliminar
  2. Éramos todos tão novos neste tempo! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rosa

      Ontem éramos mais novas que hoje... mas continuamos muito bem!!
      ;))))


      Beijinhos sem saudosismos
      (^^)

      Eliminar
  3. Tenho um 'porto de abrigo' na recordação de muitos temas.
    E tu?
    Beijinhos com musicalidade.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Observador

      É verdade sim, nós "apegamos-nos" a muitas músicas por elas nos recordarem momentos, pessoas e até lugares.
      E a resposta à tua pergunta é SIM, tenho imensos também!


      Beijinhos nostálgicos
      (^^)

      Eliminar
  4. Ui....o que me fizeste lembrar!

    Belos tempos!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Elisa

      Recordar é viver :))


      Beijinhos vivos
      (^^)

      Eliminar
  5. Não me lembro propriamente, mas lembro-me de ouvir falar neles num documentário sobre música portuguesa há algum tempo.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Gábi

      Muitas vezes nós construímos as nossas memórias em cima das memórias dos outros... e nesse aspecto, a memória colectiva é algo notável.
      Hoje em dia temos a Internet como uma ferramenta fantástica de partilha de informação... e de memórias.


      Beijinhos de hoje para ti
      (^^)

      Eliminar
  6. Xiiiii, queres fazer-me sentir velhota? Claro que me lembro!

    Parece-me que numa outra vida...Ó tempo volta para trás!!

    Beijinhos bem abrigados do tempo impiedoso! :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Velhos são os trapos Janita !!! :)

      Eliminar

    2. Janita

      És agora velhota!!
      Como disse ali em cima à Elisa, recordar é viver Amiga!


      Beijinhos no presente
      (^^)

      Eliminar
  7. Não conhecia de todo. Penso que não andava por aqui nos tempos deles :))
    Beijos em ti :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Imprópria

      No início da formação dos Sheiks eu também ainda estava (como se costuma dizer) "no cú dos franceses"... pardon my french!! :)))

      Os Sheiks tiveram muito sucesso no período de 63 a 68 (eram considerados os Beatles cá do sítio), voltando mais tarde em 79/80 a publicar novos trabalhos originais. Mais recentemente os álbuns que foram editados foram compilações e foram fazendo apenas esporadicamente alguns concertos.

      Posto tudo isto, não é por isso de estranhar não conheceres.
      Graças a mim ficaste a conhecer algo de novo (mesmo que de novo não tenha nada!) :)))


      Beijinhos sem idade
      (^^)

      Eliminar
  8. Claro que sim! :)

    Beijinhos rockeiros! :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Maria Eu

      Ora uma rockeira como tu não haveria de conhecer! hehehe


      Beijinhos dançantes
      (^^)

      Eliminar
  9. Respostas

    1. Rogério

      Uma boa memória é sinal de longevidade.
      E por falar em memória lembrei-me do Sérgio Godinho :))


      Beijinhos nortenhos
      (^^)

      Eliminar
  10. E quem não se lembra?! Sou desse tempo...
    Um abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Maria Emília

      De vez em quando sabe bem recordar.
      E este tema é muito bonito... pelo menos para mim é.


      Beijinhos com amizade
      (^^)

      Eliminar
  11. VOLTEI!! :))
    E lembro-me do projecto, sim senhor.
    Beijocas e votos de boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro

      Pois voltaste... e em boa hora! :)
      Sei que as férias já lá vão... mas tens sempre os fins de semana!


      Beijinhos e desejos felizes para ti também
      (^^)

      Eliminar
  12. Os Sheiks fazem parte da minha juventude ... Sempre !!!
    Obrigado por mos recordares Afrodite !

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo

      Não tens de quê meu querido, sempre às ordens!


      Beijinhos jovens
      (^^)

      Eliminar
  13. Claro que me lembro deles.
    Gostava muito de os ouvir e, como muito bem escreveste, eram os Beatles cá do nosso país.
    Belos tempos!
    Obrigada.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Cantinho

      Então até vou fazer uma coisa: deixo-te AQUI o tema "Missing You" para recordares e também quem quiser saber mais um pouco dos Sheiks pode recordá-los AQUI no programa "A minha geração", apresentado pela Catarina Furtado, onde eles actuaram ao vivo precisamente este grande êxito de 1965.


      Beijinhos cheios de ié-ié
      (^^)

      Eliminar