quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

NÃO ME SACIES ESTE AMOR...



Foto de Oleg Kosirev




          Não me sacies este Amor
          Não vou nunca estar farta dos teus beijos
          Das tuas mãos pelo meu corpo
          Da tua boca na minha pele
          Dos teus dedos procurando as curvas mais escondidas

          Não me sacies este Amor
          Pois é ele o meu porto de abrigo
          O meu farol em dias de tormenta
          O mar calmo em dias de verão
          O cobertor quente nos dias frios de Inverno.

          Não me sacies este Amor
          Porque dele vivo
          E é assim, viva, que me quero sentir
          Contigo sempre presente em mim.


             


a ouvir... 

38 comentários:

  1. ...é o que eu digo!

    Qualquer dia tou a meter uma cunha...

    ;)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ulisses

      As tuas palavras deixaram-me com um enorme sorriso no meu coração.
      Obrigada meu querido, muito obrigada mesmo!


      Um beijo

      Eliminar
  2. "NÃO ME SACIES ESTE AMOR..."

    Combinado :)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Observador

      Eu sei que posso contar contigo... assim como podes sempre contar comigo.
      (tu sabes que sim!)


      Beijinhos companheiros
      (^^)

      Eliminar
  3. Fiquei saciado com o teu post. :))))))
    Beijinhos insaciáveis. ;))

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luciano

      Num post com tanta "carne" exposta... não sei como um vegetariano se consegue saciar!!
      (hehehe.... estou a brincar contigo!)


      Beijinhos com um sorriso enorme
      (^^)

      Eliminar
  4. Mais uma vez, um "testemunho escrito" que confirma que o prazer maior, está mais no "percurso" do que no "destino final" !
    Um percurso de uma vida que jamais queremos que acabe, que justifica essa insaciedade que nos faz sentir vivos !
    Não nos sacies esse teu talento e sentido do amor, que eu não quero deles ser saciado !

    Beijinhos insaciáveis ! :)))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui

      E tu não nos sacies da tua sabedoria, dos teus afetos e das tuas palavras amigas!
      Obrigada do fundo do coração pelas tuas palavras.


      Beijinhos no teu coração
      (^^)

      Eliminar
  5. Que essa fome e sede se mantenham para sempre e que continues a poetizar o que sentes!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rosa

      Obrigada pela força minha grande querida!
      Eu sou muito inconstante... tanto escrevo de rajada e de um minuto para o outro como estou meses a fio sem conseguir escrever nada!


      Um abraço forte e um beijinho
      (^^)

      Eliminar
  6. Gosto, Afrodite! Gosto mesmo! Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Graça

      A tua opinião conta muito para mim.
      Obrigada pela força.


      Um beijinho agradecido
      (^^)

      Eliminar
  7. Mas isso não ficará algo incompleto?
    A gente quando ama não quer tudo?

    Não sei, isto sou só eu a dizer, que me apaixonei
    e fiquei um egoísta do diabo...

    Jinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Leão

      Quer pois!! Quer tudinho... e quer sempre mais e mais! Por isso um Amor que se quer para sempre não pode ser saciado completamente... senão terminará quando a fome de amar ficar saciada.

      Mas olha... quando nos apaixonamos, daquelas paixões de doer mesmo, somos mais egoístas por um lado... mas por outro esbanjamos em altruísmo e mesuras!


      Beijinhos complacentes
      (^^)

      Eliminar
  8. E será que um amor desses alguma vez poderá ser saciado? ;)

    Beijinhos,
    FATifer

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. FATifer

      Na linha do que escrevi... acho que não! :)


      (mais) Beijinhos doces em Ti
      (^^)

      Eliminar
  9. Não me sacies este Amor
    Dele quero viver dias sem fim
    O eu prazer que me deleita
    Nas lembranças do meu leito.

    Não me sacies este Amor...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Cantinho

      Tens de nos mostrar mais dessa poetisa linda que há em ti! :))
      Muito bonito!


      Beijinhos em palavras
      (^^)

      Eliminar
  10. Cara Amiga Afrodite!
    Juro pela alma imaculada do Marquês de Sade que não estou com inveja do Adonis!
    Caloroso abraço! Saudações sedutoras!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento

    PS - Parabenizo-a pela sua maravilhosa verve e pena!!!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Prof. João Paulo

      Eu sei que não, não tem motivos para tal.
      Já a alma do Marquês de Sade, de imaculada tem muito pouco! :))


      Beijinhos imaculados
      (^^)

      (obrigada pelo carinho)

      Eliminar
  11. Depois do post anterior que comentei, este teu novo "post" é surpreendentemente melhor. Esta poesia é EXCELENTE. Acho que se o David Fonseca a lesse antes de escrever esta música, de certeza que a colocaria, como letra desta composição "All That I Wanted".
    Aliás e diz ele, "Tudo o que eu queria" e acrescentas tu "Não me sacies este Amor". Maravilhosa combinação com a música !!!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo

      Exagerado páh! :)
      Agora que falas nisso, disseram-me aqui há atrasado que me devia dedicar e escrever letras para canções!

      Quanto a este tema do David Fonseca, é já uma "velha amiga"... uma daquelas paixões assolapadas que não se explica! Tive a felicidade de o ver ao vivo este verão aqui em Braga, por ocasião da NOITE BRANCA.


      Obrigada.
      Beijinhos clarinhos
      (^^)

      Eliminar
  12. Felizmente há amores insaciáveis, porque quando se sacia um amor está-se a condená-lo à morte. Belo poema, Parabéns!
    Beijos insaciáveis

    ResponderEliminar
    Respostas


    1. Carlos

      É exactamente esse o meu ponto de vista!
      Fico profundamente feliz por teres gostado :)


      Beijinhos vivos
      (^^)

      Eliminar
  13. Ainda existem amores que são insaciáveis...matam-se saudades que crescem novamente...o fogo nunca se apaga!

    Magnífico, sensual, intenso poema! Adorei!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Elisa

      «...matam-se saudades que crescem novamente...»

      Obrigada minha querida! É tão lindo e verdadeiro o que escreveste... e o segredo será mesmo esse, manter aceso esse fogo e não o deixar apagar.


      Beijinhos fosfóricos
      (^^)

      Eliminar
  14. Pensava já ter comentado este post, mas pelos vistos não :)))

    O amor nunca está saciado, não porque seja um porto de abrigo, não porque seja um farol ou porque dele se viva...mas porque sim!

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. JP

      Pois... porque sim!!
      Eu sei que até tens razão... há coisas para as quais precisamos de encontrar razões e justificações... mas não é precisamente o AMOR que "tem razões que a própria razão desconhece"?? :))


      Beijinhos sem porquês
      (^^)

      Eliminar
  15. Wowwwww!!!
    Amiga!...Espero que nunca te sacies:)))
    Assim posso continuar a ler "coisas" lindas assim...
    depois quem fica com fome sou eu:)))))

    Linnnnndoooo (vai lá casa quando poderes...acho que ias gostar do post em que escrevo ao Pai Natal...acho...é só um palpite:)...

    jinhoooosssssss

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Suri

      Sua maluca!! :)))
      Quanto à carta ao Pai Natal... eu bem a vi lá... mas fui preguiçosa e deixei para depois! Amanhã vou lá ver isso!


      Beijinhos curiosos
      (^^)

      Eliminar
  16. Sendo assim... faço-te a vontade.
    :)

    Gostei muito!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui Pascoal

      Eu sei que és sincero... e que não (me) mentes.
      Por isso o meu Muito Obrigada!


      Beijinhos verdadeiros
      (^^)

      Eliminar

  17. Muito belo e sensual como convém a uma genuína Afrodite.

    ~ ~ ~ ~ ~ ~ Que nunca te sacie esta Amizade! ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ B e i j i n h o s.~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Majo

      Que bom ver-te de novo pelos meus Jardins.
      Da outra vez não te recebi com o carinho que merecias, mas agora recebo-te com flores e um enorme abraço.

      Obrigada!
      Beijinhos para ti também
      (^^)

      Eliminar

  18. Para precisar, quando me referia a "esta Amizade", referia-me à amizade dos seus leitores ...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ora... e já pertences "ao clube"!

      :))

      Eliminar
  19. Respostas

    1. David

      Estás a ver porque não podes abandonar a Blogosfera! :))


      Não desapareças Amigo!
      Beijinhos felizes por estares aqui
      (^^)

      Eliminar