quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

"DO AMOR" - Paulo de Carvalho






    «Guardo de ti o que és

     Em cada manhã
     E passo a voz pela pele
     Das tuas palavras
     Ditas na sombra da noite 
     Dentro de nós
     A água luz dos teus olhos
     Foi tudo o que quis

     ah...

     Todo eu sou tu
     O sonho és tu
     O tempo és tu
     Do Amor que és tu
     Todo eu sou tu
     O sonho és tu
     O tempo és tu
     Do Amor que és tu
     Todo eu sou tu
     O sonho és tu
     O tempo és tu
     Do Amor que és tu
     Todo eu sou tu
     O sonho és tu
     O tempo és tu
     Do Amor...»



40 comentários:

  1. E continua o amor por saciar...posso fazer uma confidência? Só consegui gostar de uma canção do Paulo da Carvalho ("Meninos de Huambo") apesar de gostar muito dele como pessoa.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. JP

      Podes fazer as confidências todas que quiseres :))
      Não temos de gostar todos do mesmo, verdade?
      Eu gosto de muitos dos temas do Paulo mas, talvez por culpa das nossas rádios, os trabalhos dele não são muito conhecidos. Eu própria conheço muito pouco dos seus trabalhos mais recentes. O tempo não chega para tudo... e não conseguimos conhecer tanta da música boa que por aí se faz.


      Beijinhos confessados
      (^^)

      Eliminar
  2. O verdadeiro e grande amor é assim mesmo : quando o "Eu" se traduz em "Nós" e o "Nós se transforma em "Tu" ! ... Todo "Eu", todo o sonho, todo o tempo,... é do Amor, que és "Tu" !

    Lindo ! ... e já estava com saudades de ouvir o Paulo de Carvalho em coisas relativamente novas (2008) ! :))

    Beijo, ... todo Teu ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui

      O teu comentário ficou lindo! :)

      Como acabei de escrever ao JP, acho que a culpa de não conhecermos os trabalhos mais recentes do Paulo de Carvalho é das nossas rádios que não passam os seus temas.
      Valha-nos a Internet e o Youtube para podermos conhecer mais um pouco das vozes que gostamos.


      Recebi o Meu beijo... pega lá agora um para Ti
      (^^)

      Eliminar
  3. Eu ADORO Paulo de Carvalho! Bela canção de amor, esta!

    Beijinhos Marianos, Afroditezinha! :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Maria Eu

      É uma belíssima canção de Amor!
      Conhecia-a apenas há dois ou três dias... e fiquei "apanhadinha"... completamente apaixonada por ela! Ainda não a consegui tirar da cabeça nem parar de a cantar!


      Muitos beijos para ti Mariazinha
      (^^)

      Eliminar
  4. Humm... como estamos hoje... ;)

    Concordo com o JP em termos musicais do senhor.

    Abracinhos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Essência

      Não é só hoje... já me conheces bem! :))
      Além de que tenho de fazer por manter o amor, a sensualidade e o erotismo bem patentes nos meus Jardins... ou não se chamem eles Jardins de Afrodite!


      Beijinhos amorosos
      (^^)

      Eliminar
  5. Olha, mais um com quem fiz milhares de quilómetros!
    Este, se fosse inglês ou americano, era uma vedeta mundial!
    Apenas por curiosidade, lembro um concerto em que quem fez a primeira parte
    foi...Julio Iglesias. Pois...

    Jinhos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Leão

      Eu sei! :)
      Quando estava a preparar o post para publicação estive até para te pedir ajuda.
      É que queria acrescentar (como acabei por fazer) a letra desta canção mas não consegui encontrar em parte alguma a referência de quem a escreveu.
      Sou meticulosa nestas coisas de direitos de autor... e custa-me escrever algo (ainda para mais um poema tão lindo) e não saber a quem atribuir os créditos.

      Será que me conseguirás essa informação?


      Beijinhos eternos
      (^^)

      Eliminar
    2. Minha querida, este album (CD) é um daqueles que foi "empresta aí para eu gravar, que depois trago" e só teve um V, de vai...
      Daí não te poder ajudar com toda a certeza. No entanto, neste album creio apenas 3, 4 poemas não serem da autoria do Paulo e este não será um deles, portanto, quase com 100% de probabilidade, será de sua autoria!
      Mas não está esquecido...

      Beijos nocturnos (e leoninos) :))

      Eliminar

    3. Obrigada ♥

      (e por falar em "V"...)

      Veijos
      (^^)

      Eliminar
    4. O poema é mesmo do Paulo de Carvalho, tal como o poema. Já agora ouçam o último
      CD "Duetos".

      Eliminar

    5. Fernanda Aguiar

      Obrigada pela tua informação. Sendo tu uma grande fã de Paulo de Carvalho não duvidarei da tua certeza.


      Um beijinho e Boas Festas
      (^^)

      Eliminar
  6. Apesar de não ser dos cantores que mais gosto, a letra é doce.
    Toda eu sou ele
    Todo ele é eu
    O sonho é ele
    O tempo sou eu.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Cantinho

      São doces a letra e a melodia, são como uma dança suave... em que os corpos se aninham na sombra da noite.

      Gosto muito dos teus comentários poetizados :)


      Beijinhos suaves
      (^^)

      Eliminar
  7. Olá,
    Uma bela canção de amor do Paulo de Carvalho, pela primeira ouvi uma canção do mesmo que não fala de Lisboa.
    Todas as manhãs penso: "não sou o melhor, mas também não mostro o que não sou" é com este pensamento que começo o meu dia.
    Abraço
    ag

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Meu caro "ag", não querendo ser advogado de defesa de PC, nem querendo aqui arranjar nenhuma "guerra", assim, de repente, algumas coisas do PC sem "Lisboa":
      - Nini dos meus quinze anos;
      - O meu mundo inteiro;
      - Sábado à tarde;
      - Quando um homem quiser;
      - Com uma arma, com uma flor;
      - Flor sem tempo;
      - Semente;
      - Recado para o Chico;
      - Corre Nina.

      Ainda que tudo o que fez e cantou de outros sobre Lisboa, seja digno da cidade e dos lisboetas.

      Abraço ;)

      Eliminar

    2. António

      A honestidade tem de começar dentro de nós mesmos.
      E sim, concordo contigo, esta é uma bela canção de Amor!


      Beijinhos sinceros
      (^^)

      Eliminar


    3. Leão

      Das músicas que referiste, a ter de escolher uma... seria o "Sábado à tarde". Adoro!!!


      Beijinhos de boa Terça-feira para ti.
      (^^)

      Eliminar
  8. Não conhecia! Gosto muito de duas ou três músicas de Paulo de Carvalho, mas de resto não estou muito a par do seu reportório...

    Uma grande beijoca e bom fim de semana (com muito amor)!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Teté

      Eu também não a conhecia. Publiquei-a por isso mesmo, por achar que era pouco conhecida... e por ser linda e merecedora de ser divulgada.
      Já aqui o disse antes, que as Rádios são as culpadas por não divulgarem a música portuguesa como deviam.


      Adorei a tua beijoca.
      Recebe outra com votos de boa semana em que o advento nos prepara para o Natal.
      (^^)

      Eliminar
  9. Cara Amiga Afrodite!
    Depois de ficar enternecido digo-lhe que o amor é lindo!
    Caloroso abraço! Saudações amorosas!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento

    Espero que aprecie o mimo que lhe envio:
    http://www.youtube.com/watch?v=nD4ib9-laGY
    A lambisgoia da Agrado, aquela mexeriqueira mor que tudo sabe e tudo vê, disse-me que enquanto esta inesquecível canção fazia sucesso estrondoso, você chorava, mamava e dormia e vivia sob os cuidados intensivos dos seus entes queridos!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Professor

      Desta vez justiça seja feita à Agrado... porque não fugiu à verdade! :)
      A Vicky Leandros era bem novinha aqui com a sua canção "L'Amour est bleu" que eu conheço bem... mas eu acrescentaria que o Amor é de todas as cores!

      Obrigada por este mimo. Gostei muito muito ♥


      Beijinhos fruta-cores
      (^^)

      Eliminar
  10. Do amor tudo se faz em tudo.
    Cadinho RoCo

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Talvez porque o AMOR é tudo!

      Obrigada Cadinho RoCo pela visita.
      Feliz Natal
      (^^)

      Eliminar
  11. Respostas
    1. Diana

      Pode ser um cliché... mas a verdade é que o Amor é lindo...!!! :))


      Beijinhos minha querida
      (^^)

      Eliminar
  12. Venho desejar festas felizes e deixar um poema, como se fosse um presente:

    NATAL

    Natal... Na província neva.
    Nos lares aconchegados,
    Um sentimento conserva
    Os sentimentos passados.

    Coração oposta ao mundo,
    Como a família é verdade!
    Meu pensamento é profundo,
    ‘stou só e sonho saudade.

    E como é branca de graça
    A paisagem que não sei,
    Vista de trás da vidraça
    Do lar que nunca terei!

    (Fernando Pessoa )

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Maria do Sol

      Adorei o teu presente... mesmo muito.
      E eu que ainda não consegui preparar as lembranças para os amigos!!
      Se não o conseguir fazer em tempo útil, fica já com um forte e sentido abraço!
      Boas festas :)))

      Beijos natalícios
      (^^)

      Eliminar
  13. Hoje Passei, apenas, para desejar um bom e feliz natal !

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Manuel

      Obrigada de coração pelos teus votos. A ti os faço também pois é o que sinceramente desejo.


      Beijinhos com sabor a filhoses
      (^^)

      Eliminar
  14. Não conhecia esta bela canção!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rosa

      Há verbos que sabe bem conjugá-los no passado... e aqui está mais um caso.
      Eu fiquei mais rica ao conhecer esta música.


      Beijinhos sempre presentes e no presente
      (^^)

      Eliminar
  15. Esta bem podia ter entrado na minha galeria estival "Já não há canções de amor?"
    Beijinhos cantados

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Carlos

      Verdade sim senhor... e ficaria lá muitíssimo bem!
      (adorei essa rubrica que fizeste... espero que voltes a dedicar-te a ela... e nem precisas de esperar de novo pelo verão)


      Beijinhos quentes a alguns dias da entrada do Inverno
      (^^)

      Eliminar
  16. Já gostei mais do Paulo de Carvalho...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Graça

      E se os gostos não se discutem, no que diz respeito a gostos musicais muito menos! :))

      Eu continuo a gostar de ouvir os seus temas mais antigos... acho que o Paulo Carvalho tem uma voz fantástica.


      Beijinhos de voz afinada
      (^^)

      Eliminar
  17. Faço minhas as palavras da Graça Sampaio: já gostei mais das interpretações do Paulo de Carvalho, num tempo em que as suas canções eram cantaroladas por todos nós.

    No entanto, o poema é como se tratasse de uma pequena flor singela e delicada, de cor quente e vibrante, cujo singular encanto adapta-se perfeitamente aos jardins sumptuosos de uma esmerada Afrodite.

    * * * * * B E I J I N H O S * * * * * XI * * * * *


    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Majo

      Deixas-me encantada com as tuas palavras!
      Temos "poeta"... :)))


      Beijinhos singelos mas com amizade
      (^^)

      Eliminar