terça-feira, 26 de novembro de 2013

SERÁ VERDADE QUE... O SEXO MELHORA COM A IDADE?...



Foto de Francisco Guerrero




Pode ser um cliché... mas eu sempre ouvi dizer que o sexo melhora com a idade... e em relação aos homens até se diz que eles são como o Vinho de Porto! ☺

Sim, ok! E em relação às mulheres?
Quem desfruta melhor do sexo? As mulheres dos 20, dos 30, dos 40, dos 50... ?

É natural que há medida que vamos avançando na idade vamos conhecendo melhor o nosso corpo, vamos aprendendo a saber o que queremos, as nossas vontades e desejos evoluem, queremos qualidade, intensidade... e cada vez sabemos melhor como o conseguir.
A maturidade traz sabedoria e confiança, perdem-se determinados preconceitos (se calhar ganham-se outros), tornamo-nos mais exigentes e sabemos retirar do sexo o prazer que queremos. 

Passada a fase em que temos os nossos filhos pequenos e em que vivemos obcecadas pelo trabalho, ficamos mais disponíveis para o sexo... e a fasquia vai subindo... somos agora mais ousadas, mais sábias, mais "felinas"... libertas de pudores e de inseguranças. 
E todos estes aspectos positivos saem reforçados se as relações forem duradouras, permitindo um conhecimento cada vez melhor do nosso parceiro, possibilitando atingir um estádio de plena harmonia. 


Esta é a minha opinião.
Qual é a vossa? 



42 comentários:

  1. Verdade. Mais segura, mais confiante de mim, chego a ter a lata de ser exigente, de dar detalhes e indicações de como quero cof, cof,...que há vinte anos atrás me faria ficar da cor das pétalas das tuas rosas. Hoje entre 4 paredes com MorMeu sou cada vez mais, melhor, mais plena, mais eu:) nunca, nunca descurando o nós, o ele, mas muito mais feliz e completa do que aos 20 ou aos 30...quando chegar aos 50 estou uma Amazona:)))) Ahahahahahahah:)

    jinhooooooossssssss

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Suri

      Ao ler-te fico confusa... porque por segundos acho que quem escreveu isso fui eu! :P
      Estamos na "idade da loba" minha amiga... e é aproveitar enquanto dura!!


      Beijinhos em sintonia completa
      (^^)

      Eliminar
  2. Cara Amiga Afrodite!
    Creio que seja um mito afirmar que o sexo melhora com a idade, porque vários fatores interferem neste quesito, como por exemplo, a saúde da pessoa, seu modo de vida, convivência com seu parceiro(a), bem como a singularidade de cada um, tendo em vista que não são todas as pessoas que, mesmo quando jovens, têm como condição "sine-qua-non" fazer sexo com frequência (que saudades do trema na palavra frequência).
    No meu caso específico, que já tenho 60 anos, não diria que o sexo melhorou com a idade, porque sou casado a 36 anos e principalmente nos últimos anos as relações sexuais nem de longe são reiteradas vezes por semana, como eram nas primeiras décadas de vida matrimonial.
    Também tem os casos das pessoas idosas, que ficam viúvas ou então divorciadas ou que nunca casaram e que não têm parceiros(as) fixos(as).
    Considero altamente excitante numa relação sexual deixar a fantasia rolar de preferência bem picante e bacante!
    Sou mais adepto ao jogo de sedução e erotismo, que fica mais excitante ainda como na inigualável cena da película "Gilda", onde o simples tirar de luvas é de uma sensualidade supimpa, que também está presente numa outra inigualável cena da película "Salomé":
    http://www.youtube.com/watch?v=LZn86sSWtEQ
    http://www.youtube.com/watch?v=Wq34krrstLM
    Caloroso abraço! Saudações transparentes!
    Até breve...
    João Paulo de Oliveira
    Um ser vivente em busca do conhecimento

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Caro Professor

      Li com toda a atenção o seu precioso comentário (que teve o azar de ir parar à caixa de "SPAM" e só agora o resgatei de lá) e permita-me agora acrescentar-lhe mais umas palavras.

      Como já disse acima noutro comentário, cada caso é um caso.
      Todos temos vidas e vivências diferentes... e quando defendo que o sexo melhora com a idade faço-o apenas a pensar nas pessoas que têm mantido ao longo da sua existência uma vida sexual activa, pois só assim se poderão estabelecer comparações.

      (mas mesmo assim, não esqueça que mesmo aquelas pessoas que não têm companheiro, não estão de todo privadas da sua sexualidade... e assim sendo também se podem pronunciar sobre este assunto)

      Talvez para um homem a frequência tenha mais importância... mas para mim, MAIS não é necessariamente sinónimo de MELHOR. O importante, e como muito bem diz, é manter "acesa a chama" através da sedução e da partilha de fantasias que ajudem a manter o erotismo numa relação a dois.

      Vou ver agora os mimos que me trouxe hoje, agradecendo-os já antecipadamente com dois beijinhos por cada um!
      (^^)

      Eliminar
  3. A idade é que melhora com o sexo.

    Sou mesmo do contra, não sou? ;)

    Beijos sem idade :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Observador

      Gostei dessa análise! Vou tentar não me esquecer!!
      (essa tua irreverência já faz parte de ti, e seria muito aborrecido se mudasses!)


      Beijinhos irreverentes
      (^^)

      Eliminar
  4. Ia dizer o mesmo que o Observador! :)
    E para mim não é ser do contra...é uma outra perspectiva!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rosa

      Olha que achei mesmo muito interessante essa perspectiva. Somos eternos aprendizes... e vou tentar não me esquecer deste trocadilho delicioso.


      Beijinhos no teu abraço
      (^^)

      Eliminar
  5. Temo bem que melhore, mas diminua de frequência!! Ah ah ah!!
    Adoro sexo e sou um tarado... vamos lá a ver como posso explicar isto sem "avacalhar"!

    Com a idade aprendemos a ter paciência, se era isso que faltava antes, então claro, melhora com a idade. O resto são clichés. Nisto de ser "pessoa" não regras pré estabelecidas, mas há padrões observáveis e claro que a maturidade trás conhecimento e paciência.

    Beijinhosssssss********************

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Gajo

      Meu amigo, já tivemos esta conversa antes... e sabes bem que não sou pessoa de generalizar comportamentos ou de tentar padronizar o que quer que seja!
      Cada caso é um caso mas, é como dizes, há padrões observáveis pois acontecem para uma maioria de casos. Sei que a maturidade não se mede linearmente com o passar dos anos... pois sem vivências, sem experiência, somos tão "virgens" como quando nascemos! :D


      Beijinhos cheios de paciência
      (^^)

      Eliminar
  6. Ia responder apenas: É! e bastava.
    Mas apetece-me discorrer um pouco e claro, falo apenas por mim.
    Primeiro que tudo, a disponibilidade para o outro. Depois dos entas, deixei de
    ser (era-o inconscientemente, mas pronto) egoísta. Ela é sempre mais importante!
    Segundo, o ritmo, apesar de mais lento, trouxe enorme qualidade.
    Terceiro, e desculpa a imodéstia, a 5, 6 vezes passaram para 3 apenas, mas muito mais desfrutadas. Por ambos! as 3 horas (esquece as rapidinhas, que são deliciosas também)
    passaram a ser muito mais intensas, proporcionando muito mais gozo.
    Se ela é mais nova e inexperiente, então, é ouro sobre azul!

    Jinhos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Leão

      E tu lá és homem para um simples, "é"... ou um simples "sim"... ou "não"...
      Ainda bem que discorreste um pouco mais.
      Vens confirmar a minha linha de raciocínio... mais idade e mais experiência = a maior qualidade do prazer.
      E sim... os "entas" são uma idade fantástica!... (pelo menos a primeira década... do resto já não posso falar!)


      Beijinhos generosos
      (^^)

      Eliminar
  7. Bem,
    Sabes essa do vinho melhorar com a idade?
    A verdade é que isso só acontece com vinho bom, porque o máu transforma-se em vinagre!
    As pessoas também são assim, e consequentemente o sexo também é assim!

    Tirando essa variante, é um facto estudado que o empo de orgasmo aumenta para os homens com a idade e para as mulheres diminui!
    Isto só por si explica que haja "cougars" por aí, nos seus 40, 50 e mesmo 60, que se sentem plenamente mulheres e assumem a sua sexualidade e gostam de rapazes mais jovens pela estamina que eles têm...
    ...e eles nem têm de se conter tanto para as levar ao orgasmo...

    ...Assim como explica a razão do estereotipo da miuda nos vintes ficam perdidas por quarentões e cinquentões, que as conseguem satisfazer de uma maneira que rapazes da idade delas têm dificuldade!

    Resumindo, concluindo e baralhando, acho que para essa maxima ser verdade, contribuem não só factores fisiológicos, mas a própria mentalidade dos individuos!
    Um gajo que nunca prestou para nada não se transforma num amante carinhoso ao fazer uma determinada idade, nem uma mulher frigida se transforma numa maquina de sexo!
    Mas, como o vinho, os que já eram bons só tendem a melhorar...


    :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ulisses

      A tua última frase obrigou-me a contrair os músculos da face num expressivo sorriso.
      O teu comentário vem provar que este tema tinha pano pra mangas, ou melhor, pano para um fato completo. A piada disto tudo é precisamente esmiuçar as variantes e as excepções que desafiam a "regra"... ao ponto de perceber que ela poderá não ser tão regra assim. Eu só posso falar por mim e, não querendo entrar em pormenores, apenas posso dizer que o QUINO é que tinha razão quando, pela voz da Mafaldinha, reiterava que «a vida começa aos 40».


      Beijinhos "aos quadradinhos"
      (^^)

      Eliminar
  8. nem mais... adoro uma mulher "felina" ;)

    bj doce

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. SinneR

      Mas não basta deixar a natureza seguir o seu curso, é preciso ter vontade e condições para se lá chegar.


      Beijinhos pra ti também
      (^^)

      Eliminar
  9. O amor é mais ou menos como o vinho. O novo não é grande coisa para os apreciadores mas, quem nunca provou, acha que não há bebida melhor na vida e rapidamente se convence que é um expert na matéria.
    À medida que vai envelhecendo torna-se mais requintado, mais aromático, os apreciadores sabreiam-no com respeito. É mais ao menos o que acontece no sexo entre os 40 e 50 anos ( igual para homens e mulheres,na generalidade).
    A partir dos 60, depende do cuidado que se tem na conservação do vinho. Se não houver cuidado, deteriora-se. Caso contrário, pode manter-se muito agradável, mas não se pode balançar demasiado a garrafa, por causa da rolha :-)
    Beijinhos engarrafados com muito cuidado

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Carlos

      Este é um dos melhores comentários, se não mesmo o melhor comentário, que já deixaste aqui nos Jardins.
      Nem me atrevo a dizer mais nada para não estragar nem turvar o vinho! :))


      Beijinhos inspirados por Dionísio
      (^^)

      Eliminar
  10. Gostei muito do texto !
    Há muitos “clichés” e “rótulos duvidosos” ou até errados, sobre o assunto, principalmente se generalizarmos.
    Creio que é um facto, que se conseguíssemos obter uma média, a mulher atinge o seu auge de satisfação sexual entre os 35 e os 50 e que no homem esse período será um pouco mais dilatado, principalmente para cima.
    Não é verdade que melhore genericamente com a idade e é um facto que é diferente para o homem e para a mulher. São célebres aquelas “dores de cabeça” de que “padece” a mulher, a partir de certa idade, principalmente após a menopausa.
    Há casos de homens com “dificuldades” aos quarentas e casos de plena “sartisfação” nos setentas ! Não é de todo verdade que haja uma idade a partir da qual o sexo deixe de ser “interessante” .
    A maturidade dá, de facto experiência, conhecimento, domínio e controle de assinalar, tornando o acto sexual de plena harmonia, precisamente naquilo que pretenderíamos muitos anos antes e nem sempre era conseguido!
    Não se iludam os “jovens” até aos 30 que são o melhor dos mundos ! …
    Talvez sim, apenas na quantidade, que não na “qualidade” e essa é absolutamente determinante para uma verdadeira relação !
    Acontece quando o “eu e tu”, dá lugar ao “tu e eu”, ou ao nós !

    Beijinhos maduros ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Rui

      As tuas palavras são sempre sábias e uma referência para quem te lê.
      Sempre fui da opinião que são os bons comentários enriquecem os textos publicados... e este meu post está riquíssimo pelas valiosas contribuições que já angariou.
      Obrigada!

      Já alguma vez te disse que sou tua fã?
      Beijinhos aprendizes
      (^^)

      Eliminar
  11. "e a fasquia vai subindo... somos agora mais ousadas, mais sábias, mais "felinas"... libertas de pudores e de inseguranças."

    Completamente. Agora resta saber se (no caso de haver um companheiro), o companheiro consegue acompanhar o subir da fasquia... para ter a resposta completa à pergunta :)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pax

      É essencial que um consiga acompanhar o outro. Mesmo que estejamos a falar de companheiros em "estádios de evolução" diferentes, se houver diálogo, compreensão, partilha e respeito pelo "timming" de cada um, tudo correrá bem.

      Foi um gosto ver-te por aqui.
      (^^)

      Eliminar
  12. A partir dos 40.....a mulher ,querendo, é fogo!!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Elisa

      Ainda hoje, em conversa meia em surdina com o meu marido a propósito de uma brincadeira, eu dizia-lhe: "sinceramente, gostava de saber quem foi o parvo que inventou aquela frase: «quando a minha mulher fizer 40 anos troco-a por duas de 20»... Devia ser mesmo parvo!" hehehe...


      Beijinhos segredados
      (^^)

      Eliminar
  13. Cada caso é um caso...o mal de só agora ter podido vir aqui é que está (quase) tudo dito.;)

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Maria do Sol

      Há sempre mais alguma coisa a dizer. E tal como já disse ali em cima ao Rui Espírito Santo, são os comentários que enriquecem um post... :)


      Beijinhos ao luar
      (^^)

      Eliminar
  14. Ía responder como o Observador...Mas para além disso também posso dizer que: so far so good.
    Haverá um limite? Certamente. A pressa não fica bem nestas coisas de sexo. No entanto - há sempre um mas - uma rapidinha no elevador ou noutro local do género, tipo comboio, autocarro, terraço, deixa sempre saudades...Coisas da juventude!
    Excedi-me um pouco. Mas também, o que é o sexo sem uma pitada de excesso?
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Tio

      Não te excedeste... porque tu nunca te excedes.
      Concordo com o que dizes menos numa coisa: não considero que essas "rapidinhas" que tanto apimentam uma relação sejam exclusivas da juventude! (aliás, eu nos meus vintes nem sabia o que isso era... lol)

      Deste uma boa ideia... ainda esta semana vou escrever sobre rapidinhas :))


      Beijinhos sem pressas
      (^^)

      Eliminar
  15. Não tenhas dúvidas! melhora e de que maneira! Depois dos filhos, da pílula, do medo, do trabalho a deitar pelos olhos, depois da histerectomia ... muito, muito melhor!

    Disse.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Graça

      E disseste tudo porque tocaste em aspectos muito importantes que tocam muitas mulheres.
      Obrigada minha querida.


      Beijinhos sem dúvidas
      (^^)

      Eliminar
  16. Depende... Pode melhorar ou piorar. Mentalidades, acomodação, castrações, podem destruir qualquer tipo de relação e de desejo. A motivação certa e o/a companheiro/a certo/a fazem do sexo algo maravilhoso sem que a idade conte.

    Beijinhos Marianos, Afrodite!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Maria Eu

      « A motivação certa e o/a companheiro/a certo/a fazem do sexo algo maravilhoso sem que a idade conte. »

      Depois de uma frase destas, nada mais a dizer... é perfeita!
      A tua presença aqui é ouro.


      Beijinhos sem photoshop
      (^^)

      Eliminar
  17. Olá,
    Com os anos que passam a sabedoria aumentam, digo sempre o seguinte, "com a idade mais avançada não corremos os 100m com a mesma velocidade que um jovem, mas ganhamos mais sabedoria o que nos faz mais perfeitos em tudo" Concorda?

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. António

      Concordo, claro que sim. Também costumo dizer que todas as idades têm coisas boas, o importante é sentirmos-nos bem na nossa idade.


      Beijinhos sempre jovens
      (^^)

      Eliminar
  18. Não sei se melhora.
    É diferente, isso é.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro

      E o que é importante é sabermos como nos adaptar e desfrutar dessas diferenças. Estamos sempre em eterna evolução e em constante adaptação... e é natural que no que respeita ao sexo não seja diferente.


      Beijinhos do costume
      (^^)

      Eliminar
  19. Pois!
    Penso que o sexo melhora com a idade/maturidade, desde que os dois caminhem no mesmo sentido, isto é, sem que um pense que o outro está tolo, ou quanto mais velho mais louco, enfim, essas palavras que alguns homens podem dizer às mulheres e as mulheres aos homens.
    Quando se é jovem vive-se o sexo com loucura, quer-se mais e mais e mais.
    Aos 40ta, as mulheres vivem com mais intensidade, são mais exigentes, querem sentir-se bem emocionalmente.
    Aos 50tas com a menopausa "à vista", o sexo é vivido com dedicação, prazer, calor, partilha e intensidade. Pouco, mas bom.
    Há mais compreensão entre os dois. Se tu não consegues, ok. Os estímulos, os toques, as carícias são prazeres deliciosos que completam uma relação.
    Depois do 60tas, não sei. Mas quando vejo um casal de mão dada, seguros e sorridentes, presumo que sexualmente estão bem.
    Penso que disse mais do que queria.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Cantinho

      Adorei o teu comentário! (adoro comentários grandes... hehehe)
      Quando lancei o debate era isto mesmo que idealizava, podermos falar sobre um assunto que na generalidade dos casos, mais cedo ou mais tarde, toca a todos ... e acho que é enriquecedor ler o que os outros têm a dizer sobre as suas experiências ou opiniões.


      Obrigada minha querida!
      Um beijão embrulhado no abraço prometido
      (^^)

      Eliminar
  20. Não conheço outra área onde o interesse da teoria seja tão pequeno face ao da prática.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Porfírio

      Pode a prática ser mais interessante que a teoria (sem dúvida alguma) mas o debate de ideias e experiências é importante, tal como eu acabei de dizer no comentário anterior a este.
      Perceberás isso se leres os valiosos testemunhos que todos os meus amigos aqui deixaram. Nós não somos uma "ilha"... e o que vivemos e sentimos, desde angústias a júbilos, é vivido por tantas outras pessoas do mesmo modo.


      Beijinhos teóricos
      (^^)

      Eliminar
  21. Melhora sim ..a idade traz maturidade, tranquilidade, traz tempo para conhecer melhor o nosso corpo e o do parceiro de toda uma vida e explorá-los no bom sentido...É que, o stress causado pelos problemas do quotidiano dos intas desaparecem ou estabilizam e aí passamos a valorizar os pequenos grandes detalhes que melhoram a qualidade.
    Beijinhos Afrodite

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Sorriso

      Não tiro nem acrescento uma vírgula ao que aqui escreveste! É isso mesmo!
      (Gostei muito do comentário... pena não ter como retribuir!)


      Beijinhos... e volta sempre
      (^^)

      Eliminar