domingo, 29 de setembro de 2013

E NESTA NOITE DE ELEIÇÕES O MEU VOTO VAI PARA...



... a MÚSICA em português






BOA SEMANA...


terça-feira, 24 de setembro de 2013

EM TUA PELE NAVEGO...



FONTE



        Embaladas pela brisa da noite
        Mãos carinhosas percorrem o teu corpo

        Toco-te ao de leve, suavemente
        Unto-te a pele com óleos e essências
        Amaciando-te as tensões do teu dia.

        Percorro lentamente todos os recantos
        Esboças um sorriso de prazer quando
        Lambo o teu pescoço, o peito, o ventre...
        Eriçando-se os pelos como num protesto.

        Navego sem bússola, à deriva
        Amar-te é uma viagem à descoberta de nós
        Viagem de prazer, entregas, delícias...
        Embriagados por este Amor somos um só
        Ganhamos o paraíso... e
        Ousamos ser felizes!




a ouvir... ♫

domingo, 22 de setembro de 2013

ADEUS VERÃO... OLÁ OUTONO...


Foto de Martin Zurmühle


Que o Outono que agora chega 
não seja apenas uma despedida do Verão...
 mas que possa ser sempre 
Primavera em flor 
para os nossos sentidos.


sábado, 21 de setembro de 2013

POST SEM IDADE...



FONTE



... porque a nossa verdadeira idade é a que dita o nosso coração ♥




quinta-feira, 19 de setembro de 2013

A FORÇA DE UM ABRAÇO...



Fonte



... ajuda-nos a ultrapassar as nossas diferenças!




segunda-feira, 16 de setembro de 2013

SETEMBRO É TEMPO...



Foto de Aleksey Mikrukov


 
... de vindimas!


 

sábado, 14 de setembro de 2013

O TANGO TAMBÉM É UM ESTADO DE ALMA...


... e é com "pele de galinha" que vos desejo uma excelente NOITE de Sábado!





sexta-feira, 13 de setembro de 2013

E PORQUE AMANHÃ É SÁBADO...



Foto de Martin Zurmühle



... descanso é a palavra de ordem!


BOM FIM DE SEMANA A TODOS :)



quinta-feira, 12 de setembro de 2013

O VERMELHO DA PAIXÃO...


É inevitável associarmos o sentimento da paixão à cor vermelha...




... porque será?



Nota:
Que me desculpe o reparo a pessoa que carregou este vídeo para o Youtube... mas a voz deste belo tema de Rodrigo Leão - "Pasión" - não é da conhecida cantora brasileira... mas da cantora portuguesa Lula Pena.


DEUSAS DA MODA fotografadas por FABIEN BARON...


A revista norte-americana INTERVIEW apresenta neste mês de Setembro um editorial de título  «DEUSAS» com fotos em poses bem sensuais de algumas das modelos da bem conhecida e prestigiada marca VICTORIA'S  SECRET.

Aqui ficam algumas das fotografias captadas pela lente do fotógrafo francês Fabien Baron... mas para ver o resto da reportagem sigam este LINK.



Miranda Kerr
Doutzen Kroes
Behati Prinsloo
Andreea Diaconu
Constance Jablonski




quarta-feira, 11 de setembro de 2013

PROMESSAS SÃO PARA CUMPRIR... (#3)



RICARDO CARRIÇO 



Fonte - Correio da Manhã
Fonte - Facebook
Fonte - Central Models




... um pedaço de "mau" caminho... :)




Nota:
No início de Fevereiro, e a propósito DESTE POST, ficou no ar a promessa de trazer aqui alguns dos homens bonitos e charmosos da "nossa praça". Algumas sugestões foram feitas e eu prometi seguir as sugestões que as minhas amigas me deixaram.

Continuo o que comecei AQUI e continuei AQUI



terça-feira, 10 de setembro de 2013

DIA DOS AMIGOS...






 ... é todos os dias!!

Por isso hoje é um dia perfeito para passá-lo com os meus! 
Venham até ao COISAS DA FONTE... pois é por lá que andarei hoje, o lugar ideal para se celebrar a amizade!


segunda-feira, 9 de setembro de 2013

EMOÇÕES MINHAS...



Foto de Francisco Guerrero



Há coisa de ano meio fiquei a conhecer um excerto do livro «O Tecido do Outono» do escritor António Alçada Baptista. Este recorte emocionou-me e deixou-me com vontade de ler todo o livro, o que ainda tenciono vir a fazer.
Voltei a encontrar este texto hoje e, por ainda o achar tão belo, decidi partilhar convosco este bocadinho:


«Encontrar as palavras que dizem ao outro como é a medida do carinho que temos por ele  e que a presença do corpo ali exposto ao nosso lado melhor nos recorda esse nosso destino amoroso de que andamos desviados porque nos enganaram nos caminhos da vida e fizeram de nós umas peças de um jogo falso que nada tem que ver com aquilo para que fomos feitos.

Uma vez, estávamos um com o outro e, a certa altura, ela resolveu puxar-me pelo corpo e fazer de mim um amante como os de antigamente. Estávamos deitados na cama e começou a afagar-me  com uma magia nas mãos que me fez reviver um fogo de que eu só tinha já uma recordação, uma saudade aveludada, que às vezes me visitava em certas insónias que revivia amores de que tinha uma grata recordação. Senti a boca dela na minha como se fosse um bocadinho de fogo que me pegava e que era um convite àquela linda aventura que ia começar. A sua boca desceu depois pelo meu peito e eu sentia que muita coisa despertava em mim, tal como antigamente, que o sexo, crescia à maneira que ela o afagava e beijava, o acalentava com a boca, e eu a sentir a humidade do cuspo, como se fizesse parte da expressão do amor que via sair-lhe por todos os poros. Depois, veio mesmo para cima de mim. Com as mãos, abriu a porta do seu corpo e fez-me entrar.

(…) O nosso prazer saiu acertado um com o outro como se o tivéssemos treinado a vida inteira e, depois, ela caiu sobre mim e ficou prostrada com a boca húmida e a língua a sair  como quem procura um lugar para depor um beijo que era de comunhão, de gratidão, de tudo o que as nossas emoções juntas podem exprimir de melhor. Ficámos assim algum tempo até que levei as minhas mãos ao seu cabelo e puxei a sua cabeça para a minha e demorámos nisto, eu a passar-lhe  a mão pelos cabelos, ela a deixar ficar a boca meio aberta na minha face  e a deixar a língua molhada a marcar a presença do amor quando se exprime pelo corpo. E eu pude sentir que não era um corpo qualquer. Que era o corpo dela, com tudo o que tinha de bom e afectuoso, com toda a sua pequena história pessoal, com todas as intimidades e afectos, os que eu tinha visto e os que ela me tinha contado. Ela mesma, só ela: peça única, a mulher que me amava e a quem eu dava todo o amor de que ainda dispunha num corpo que a pouco  e pouco se despedia do desejo que sentia, ao entregar-me àquela mulher, que se abria outro mundo possível para começar outra forma de amar.

Da outra vez não foi muito diferente. A Eugénia veio a Portugal(…) Dois dias depois disse-lhe pelo telefone:
-Vou ter contigo a Coimbra.
(…)encantava-me a sua presença, o seu sorriso bom, o seu olhar doce, o seu corpo tal como deve ser um corpo: já com algumas marcas da sua história, naquele lindo pedaço de tempo que está entre a virgindade e a decadência, que é o estado em que a gente devia estar sempre.
Quando ela ficou nua ao meu lado tudo isto estava no meu pensamento mas depressa os seus beijos me levaram de asas para aquele céu onde a gente se encontra com aquilo para que nascemos: para amar alguém em  que o entendimento dos corpos seja tal qual o entendimento das palavras que dizemos  quando nos vimos. Ela tinha-me dito: «Sinto tanto a tua falta…»

Era isso que fazia o meu encantamento: o saber que aquele corpo era o corpo dela, que não se sabia onde acabava o corpo e começava a alma, que tudo era um todo de amor que me emocionava, que me acordava e me fazia viver coisas que já estavam fora dos meus projectos


"O Tecido do Outono" (pp 159-162)

António Alçada Baptista


domingo, 8 de setembro de 2013

sexta-feira, 6 de setembro de 2013

OUR DAYS - Yanni...


... e BOM FIM DE SEMANA :)







PORQUE O GOZO TAMBÉM É POESIA...



Foto de Aleksander Shevchenko



(Gozo VII)

São as tuas nádegas
 na curva dos meus dedos

 as tuas pernas
 atentas e curvadas

 O cravo – o crivo
 sabor da madrugada
 no manso odor do mar das tuas
 espáduas

 E se soergo com as mãos
 as tuas coxas
 e acerto o corpo no calor
 das vagas

 logo me vergas

 e és tu então
 que tens os dedos
 agora
 em minha nádegas



MARIA TERESA HORTA




quinta-feira, 5 de setembro de 2013

UMA PRENDINHA PARA UM AMIGO...



Muitos devem saber que hoje o CRÓNICAS DO ROCHEDO faz seis anos de existência...
Está de parabéns por isso o seu obreiro, o nosso amigo CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA.

E como não deve haver festa de aniversário sem prendas, aqui deixo uma prendinha simbólica que julgo ele apreciará.
(e não vai ser apenas ele a apreciar, aposto!)  :))


PENÉLOPE CRUZ

Fonte



Parabéns amigo pela persistência e espero que o CR ainda tenha muitos anos de vida para celebrar!




PROMESSAS SÃO PARA CUMPRIR... (#2)




VIRGÍLIO CASTELO



Fonte - Central Models


... elegância e muito charme!
(um "Clooney" bem Português)



Nota:
No início de Fevereiro, e a propósito DESTE POST, ficou no ar a promessa de trazer aqui alguns dos homens bonitos e charmosos da "nossa praça". Algumas sugestões foram feitas e eu prometi seguir as sugestões que as minhas amigas me deixaram.

E continuo agora o que comecei AQUI



quarta-feira, 4 de setembro de 2013

GITANA - Shakira






O QUE É PARA TI A SENSUALIDADE?...



Foto de Ennio Tavares



Embora haja quem pense que não, todas as mulheres têm SENSUALIDADE. Não importa a sua aparência física, o seu padrão mental de beleza, se têm ou não companheiro, se o seu corpo tem muitas ou poucas curvas (lol) ... o que eu defendo é que a sensualidade é algo inato que nasce connosco e que faz parte da nossa condição feminina. 

A forma ou a idade como ela se revela pela primeira vez variará, com certeza, de mulher para mulher e se algumas só desfrutam plenamente dela em idades mais maduras, outras há que sempre sentiram esse estímulo latente e que se manifesta até na forma como andam ou como "respiram".

O próprio conceito de sensualidade e a forma como a sentimos é diferente de pessoa para pessoa. E aqui não importa que estejamos a falar na perspectiva masculina ou feminina pois todos nós, uns mais outros menos, a vivenciamos, a sentimos, a apreciamos... faz parte do nosso código genético. 

A sensualidade é a qualidade do que é sensual e quer queiramos quer não ela desperta e estimula o nosso instinto sexual, a nossa libido  propiciando os prazeres e até uma embriaguez dos nossos sentidos, podendo-nos levar a vivências e desejos luxuriantes.

As formas como percepcionamos a sensualidade podem ser das mais variadas... mas normalmente estão associados a arquétipos de beleza, sobretudo se falamos de imagens de corpos femininos. Mas ela pode ser sentida de muitas outras formas, até mesmo na natureza sob forma de flores (as orquídeas, por exemplo), e para quem tenha a sua sensibilidade mais apurada pode percepcioná-la através da música, da dança e da arte, onde a pintura e a escultura são os seus expoentes máximos.

No que diz respeito às relações interpessoais, podemos sentir essa sensualidade e desejar alguém pela sua beleza mas podemos também conhecer pessoas que até nem correspondem aos padrões de beleza comuns mas que têm algo de especial, um "je ne sais quoi" que nos encanta... a sua forma de falar, sorrir,olhar, caminhar, toda a sua postura e linguagem corporal nos deixa fascinados.

Em qualquer dicionário podemos encontrar como sinónimos de sensualidade, a luxúria, a volúpia, a lascívia... mas eu gostava de reunir as vossas opiniões sobre este assunto. 
Por isso hoje deixo-vos esta pergunta: 

«O que é para ti a sensualidade?»


segunda-feira, 2 de setembro de 2013

PENSAMENTOS À SOLTA...





«A distância faz ao Amor aquilo que o vento faz ao fogo:
apaga o pequeno, inflama o grande».

Roger de Bussy-Rabutin


OS SETE PECADOS CAPITAIS (#7) - PREGUIÇA...



Foto de André Luiz Pires