terça-feira, 18 de junho de 2013

O SENTIDO DAS PALAVRAS...



Foto de Katarzyna Rzeszowska




Tantas vezes usamos palavras em vão e não chegamos a sentir mesmo a verdade que elas encerram no seu significado. Talvez porque vivemos a vida muito a correr... ou simplesmente porque somos imaturos no que diz respeito a certos sentimentos.
E quando é que tomamos consciência disto? Quando finalmente sentimos verdadeiramente o peso e a grandiosidade dessas palavras. 

É por exemplo o que se passa quando tentamos exprimir a alguém o que sentimos por ela, sentimentos verdadeiros e profundos que são inexplicáveis por palavras... mas que sentí-los nos faz ficar dependentes da outra pessoa, nos faz sentir uma ansiedade sem tamanho quando não estamos com ela, nos faz sentir completos com a sua presença...
E sabemos o verdadeiro sentido e significado de palavras como "quero-te", "desejo-te", "tenho saudades tuas", "amo-te"... quando as sentimos gravadas na pele... na carne... na alma!



12 comentários:

  1. As palavras não fazem falta nenhuma perante certas imagens.

    E nos sentires, nenhuma mesmo....basta um olhar :)))

    Beijo sem palavras
    (já tihna saudades)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. JP

      Até podem não fazer falta... mas sabe tão bem ouvi-las...
      (também já tinha sentido a falta da tua presença)


      Beijinhos sorridentes
      (^^)

      Eliminar
  2. Penso que, nunca se encontrará a nomenclatura correcta, para definir sentimentos, por vezes a palavra limita-os, outras dá-lhes a grandeza que ainda não têm..

    E sentir o seu verdadeiro significado para alem do verbo, é deliciosamente transcendente…

    1beijo e boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Opus

      A tua sabedoria deleita-me...
      É isso sim, completa e deliciosamente transcendente!!


      Beijos metafísicos
      (^^)

      Eliminar
  3. Por vezes há que pôr certas palavras ... em sentido.
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Observador

      Antes palavras que pessoas... :)


      Beijinhos (com)sentidos
      (^^)

      Eliminar
  4. É verdade mas, por vezes, com o olhar dizemos tanta coisa.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Manuel

      Dizemos sim... e essas palavras, as do olhar, não se conjugam com a boca... mas com a mente e com o coração!


      Beijinho
      (^^)

      Eliminar
  5. Nem sempre medimos as palavras e, por vezes, quando nos apercebemos do erro, já é tarde. Como dizem os chineses há três coisas que não voltam atrás : a seta lançada, a palavra proferida e a oportunidade perdida.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Eu sei Carlos, eu uso muitas vezes esse provérbio chinês!
      Mas eu sou uma pessoa que "ferve em pouca água"... e quantas vezes digo coisas que não queria dizer!! :x



      (^^)



      Eliminar
  6. E um homem é feliz com tão pouco... nem mais uma palavra!
    :)

    ResponderEliminar
  7. As palavras só sabem verdadeiramente quando já nos comeram a carne, e ficaram gravadas na alma...
    :)






    Beijo minha deusa

    ResponderEliminar