quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

ENTREGA E SUBMISSÃO


Fonte


Espero por ti como a noite pelo dia
Na minha boca sede do teu sabor
Toda a ti me entrego, sou tua
Rasgas-me a roupa, estou nua
E quando me tocas com a tua mão
Ganho asas e voo em outra dimensão
Aquela onde não existe mais ninguém.


E dançamos a dança dos amantes


Sem remorso, sem limites, sem pudor
Uma, outra, e mais outra vez...
Brindamos com um cálice de vinho
Mas com o vinho do meu corpo
Imito as tuas vontades e delírios
Satisfaço todos os teus caprichos
Se tu queres eu quero também
Amamos-nos e tudo recomeça porque
O meu corpo, qual flor de luz, é de ti refém.




14 comentários:

  1. Respostas

    1. Dreamcatcher

      Intenso... como todas as entregas devem ser.


      Beijinhos e bom fim de semana
      (^^)

      Eliminar
  2. UAU!!!
    Deixe-me tentar copiar novamente o URL.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Pedro Coimbra

      Ainda não descobri qual será o problema... mas se não conseguires não há problema, há um link directo do outro Jardim para aqui!
      (^^)

      Beijinhos e bom fim de semana
      (por aqui vai ser muito chuvoso)

      Eliminar
  3. Parabéns!
    Bonito e apelativo poema, acompanhado de uma sujestiva imagem de sedutora submissão...

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Jaime

      Este fui buscá-lo à "gaveta"...
      (e provavelmente até já o conhecias do outro blog)


      Beijinhos de chuva!
      (^^)

      Eliminar
  4. http://www.youtube.com/watch?v=qR-SlkUgCRg

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Ricardo Santos

      I will never let you down :)


      Sweet Kisses
      (^^)

      Eliminar
  5. E eu que ainda não tinha tido um tempinho para pairar por aqui...

    Gosto tanto quando fazes acrósticos!
    E este está soberbo, principalmente porque quase consigo visualizar o brilho do teu olhar de tanto amor que eles contém...




    Minha deusa, mais um espaço, este muito mais ao teu estilo e próximo do meu
    beijoooooooooo grande em ti


    Que 2013 te traga tudo o que desejas e mereces
    :))

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Luna

      Estou a tentar agora sacudir a preguiça que se acumulou com as Festas e estou a regressar aos bocadinhos.
      Este espaço tem como objectivo recuperar o espírito do Orquídea Selvagem, que tão bem conheceste.

      Estamos aí para as curvas... e que 2013 seja excelente para Ti.
      Beijos nossos (^^)

      Eliminar
  6. Entrega e submissão...
    Excelente!

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Jaime A.

      Obrigada... e desculpa só vir agora dar-te as boas vindas.
      Tudo de bom para ti.
      (^^)

      Eliminar
  7. "Deito-me" num poema ardente e deleito-me nos volteios dos amantes... que entrega... que submissão...
    Muitos parabéns por tão apaixonante poema.


    «Na entrega, dançam amantes,
    De vestes rasgadas, em submissão,
    Que importa o espaço ou o tempo,
    Se eles se encontram noutra dimensão:
    Num mundo que a eles pertence,
    Onde tudo acontece, em louca paixão,
    Tal como o corpo de um ao outro,
    Rendidos em voluptuosa fusão.»

    Com um ramo de :-) (sorrisos)

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. YM,

      Obrigada! :)
      Adoro escrever em acrósticos... mas também gostei muito das tuas palavras que alinhaste em verso, em jeito de resposta.
      Muito bom! Fizeste-me recordar um poema que já tem mais de 5 anos e parece que foi "ontem" que o escrevi.


      Beijinhos poéticos
      (^^)

      Eliminar