segunda-feira, 13 de abril de 2015

"NOTHING REALLY MATTERS" - MR PROBZ




I know what it feels like
I know what it feels like
Swimming through the stars when I see her
And I don't need air because I breathe her
I know what it feels like
I know what it feels like, yeah
I breathe her
Breathe her

Everytime I see her
Everytime I see her



ADENDA: 
Soube agora (hora d'almoço) que hoje se comemora o dia Internacional do BEIJO... por isso desejo-vos um dia cheio de boas ocasiões para beijar!  :)


terça-feira, 7 de abril de 2015

DAME LA MANO... (reeditado)





                Dame la mano y danzaremos;
                Dame la mano y me amarás.
                Como una sola flor seremos,
                Como una flor, y nada más…

                El mismo verso cantaremos,
                Al mismo paso bailarás.
                Como una espiga ondularemos,
                Como una espiga y nada más.

                Te llamas Rosa y yo Esperanza;
                Pero tu nombre olvidarás,
                Porque seremos una danza
                En la colina y nada más…


            Gabriela Mistral



(POST REEDITADO na comemoração do 126º aniversário da poetisa)


a ouvir... ♫
Carlos Gardel - «Por una Cabeza»

quarta-feira, 1 de abril de 2015

MEMÓRIAS DE UMA NOITE DIFERENTE...


Há músicas que nos ajudam a guardar memórias de momentos especiais e esta música guarda um desses momentos.

Esta música faz-me lembrar um jantar especial, num restaurante especial, um jantar com dança e striptease à mistura...

Talvez um dia eu conte como foi.
Fica uma parte da banda sonora dessa noite...




domingo, 29 de março de 2015

VESTIDAS DE VERMELHO ...



(Foto tirada de telemóvel)

... e quem disse que só no Outono é que as folhas
 se vestem de vermelho??

a ouvir... 
Karen Matheson - «My Love Is Like a Red Red Rose»

quinta-feira, 26 de março de 2015

terça-feira, 24 de março de 2015

PECADO DO DIA...


Hoje... o pecado da GULA! 

FONTE

domingo, 22 de março de 2015

DIA DA POESIA... É TODOS OS DIAS!



Trabalho de Lauri Blank


Segredo

 
Não contes do meu 
vestido 
que tiro pela cabeça 

nem que corro os 
cortinados 
para uma sombra mais espessa 

Deixa que feche o 
anel 
em redor do teu pescoço 
com as minhas longas 
pernas 
e a sombra do meu poço 

Não contes do meu 
novelo 
nem da roca de fiar 

nem o que faço 
com eles 
a fim de te ouvir gritar. 

Maria Teresa Horta, in “Poesia Completa” 




a ouvir... 
Yiruma - «Poemusic»

sexta-feira, 20 de março de 2015

(e finalmente) CHEGOU A PRIMAVERA...



FONTE


Que ela traga boas energias... e dias felizes!!  :)
(como aquele que vivi hoje)


quinta-feira, 19 de março de 2015

TAG... «I LOVE MY BLOGGER» (E vocês? Também gostam do vosso blogue??)


Há muito que não encontrava por aí aqueles posts de "correntes" em que falamos um pouco de nós e devolvemos a outros amigos bloguers a tarefa de a continuar.
Pois desta vez lá calhou encontrar no «Conversa Avinagrada», o blogue do Rogério Pereira, e também no «O Blogue da Fê Blue Bird» da nossa amiga Fê, uma corrente muito simpática e que nos convida a ler (e depois falar) sobre o que é isto de gostar de um blogue... e neste caso o nosso.

Como leitora de ambos, fui por isso convidada a participar da "TAG" - «I Love My Blogger»... e eu aceitei responder às questões colocadas assim como aceitei as regras que se tem de seguir nestas coisas.




REGRAS:

Convidar de 8 a 11 blogues, com menos de 500 seguidores para responder à Tag.
Colocar o selo da Tag 
(podem criar um ou usar o que aparece aqui ao lado)
Colocar o Blogue que deu origem à Tag 
Papos deEstrelas» da bloguer Lícia Tácyla )
"Linkar" quem te indicou a Tag. 



Perguntas:

1- O que te incentivou a ter um blog? 
Acho que a curiosidade... o querer participar de algo maior... a vontade de aprender... a vontade de me expressar... (sei lá que mais, já nem me lembro!)

2- Qual a importância do blogue para ti?
Um blogue é mais ou menos como um filho... é uma parte de nós.
Mas como não sou "profissional" destas coisas e a minha vida lá fora ocupa a maior fatia de mim... faz com que o tempo que lhe dedico seja apenas o que posso dispensar para a rubrica do lazer.


3- Quem te indicou a ter um blog?

Há coisa de uns seis anos uma amiga perguntou-me: «e porque não crias um blogue? Tu que até tens jeitinho para escrever...»
Naquele momento o único problema foi interpretar o que ela queria dizer com aquilo... porque eu não sabia o que era um blogue nem conhecia sequer a existência da "blogosfera". :))
Desde esse dia já tive vários projectos... mas este é "a menina dos meus olhos".  :)


4- Quais são os assuntos do blog?

Quem por aqui costuma passar sabe que são bem variados, apesar de que o denominador comum acabe por ser sempre o Amor e o Erotismo. Mas podem encontrar aqui assuntos relacionados com arte, poesia, fotografia, pintura, música, pensamentos... e até assuntos do quotidiano. (Basta dar-me na veneta!)

5- Como você se sentiu ao ler o primeiro comentário?
Satisfeita, julgo eu. Talvez até recompensada por percebermos que afinal... não estamos aqui a "falar para os peixinhos". 

6- Quantos comentários você tem ao todo no momento?
Fui ver o que dizem as estatísticas... e em 2 anos e 5 meses de blogue tenho perto de 10 000 comentários... (mas muitos deles são meus)

7- Qual a meta deste ano para o teu blog?
Quando o ano começou tentei que a meta fosse «um post por dia»... mas depressa desisti porque não tenho vida para manter esse ritmo. Então mudou para algo mais modesto... como ir mantendo o blogue alimentado para poder manter os meus amigos sempre mimados. É que isto das amizades (e as virtuais mais ainda) são como as flores: precisam de ser "regadas"!)   :))

8- Até onde desejas chegar com o seu blog?
O mais longe possível... e isto falando em termos temporais. Enquanto ele estiver vivo, significa que as amizades também estão e que o prazer de andar por aqui representa uma parte do meu bem estar emocional.



E pronto... agora vem aquela parte em que costumo "fazer batota"... desrespeitando a primeira regra desta corrente. Obviamente que não indico ou intimo ninguém a seguir com este desafio... mas quem o quiser fazer dar-me-á muito prazer... pois foi com imenso gosto que respondi a estas simples perguntas e gostava também de poder ler as vossas respostas.

UM GRANDE ABRAÇO A TODOS VOCÊS
(pois sem vocês aí desse lado, este espaço não teria graça nenhuma)

terça-feira, 17 de março de 2015

COMO DEFINIRIAM UM... MOMENTO??


No seguimento de um comentário do Rogério G. V. Pereira ao post anterior, lembrei-me de um vídeo e decidi partilhá-lo com todos vocês!
Este vídeo emociona-me sempre que o vejo... e nem sei bem porquê! Talvez por ter sido feito com muita sensibilidade e cuidado e mexer com algo difícil de definir. 

Por isso convido quem tiver 3:47 que possa dispensar... a fazer-me companhia  :)





E vocês? Como definiriam um... MOMENTO?